Anúncios





Energia

Lâmpada permanece acesa sem energia

Redação do Site Inovação Tecnológica - 02/09/2003

Lâmpada permanece acesa sem energia

Qual o sentido de se ter no ambiente uma lâmpada que, depois de desligado o interruptor, permanece acesa por até 24 horas? A empresa Glow-Lux, que lançou a novidade, espera que, além de tomar lugar de luzes de emergência e no-breaks, sua criação possa também atender a necessidades de pessoas idosas e crianças, que necessitam de uma certa luminosidade para se locomover por corredores e escadas ou para dormir mais tranqüilamente.

Externamente, a lâmpada não difere das lâmpadas fluorescentes compactas que se tornaram padrão da indústria depois do apagão. A nova lâmpada demora cerca de 15 minutos para se carregar, permanecendo acesa por até 24 horas após a interrupção de energia, fornecendo iluminação de emergência para momentos de queda do fornecimento de eletricidade. A iluminação fornecida, após a interrupção do fornecimento de energia, é de alta intensidade por cerca de uma hora, decaindo a seguir, mantendo um ambiente de penumbra no restante do tempo.

A nova lâmpada está chamando a atenção dos militares norte-americanos, que a estão avaliando para utilização em instalações militares e de segurança. Empresas de elevadores também estão analisando seu uso.

Outra possibilidade muito interessante da nova lâmpada é a sua utilização como lanterna, uma vez que ela continua brilhando mesmo que retirada do seu bocal.

O funcionamento da nova lâmpada se baseia em uma mistura de fósforo e aluminato de estrôncio (não radioativo), armazenados em um tubo fluorescente compacto. O material garante que, mesmo que a lâmpada se quebre, seus pedaços continuarão brilhando onde caírem.

A nova lâmpada ainda não está disponível no Brasil.

Outras notícias sobre:

Mais Temas