Espaço

Avião com motor hipersônico bate recorde mundial de velocidade

Avião com motor hipersônico bate recorde mundial de velocidade

Em seu terceiro e último vôo de testes, o X-43A, um veículo experimental construído pela NASA, atingiu a velocidade de 9,8 Mach, cerca de 11.200 km/h. O recorde foi batido a uma altitude de 33.000 metros.

O X-43A é movido por um novo tipo de motor hipersônico, capaz de atingir velocidades várias vezes superiores à velocidade do som, chamado estatojato, que a NASA espera um dia poder ser utilizado como uma alternativa aos foguetes para envio de cargas ao espaço.

Apesar do sucesso, o projeto Hyper-X, do qual o veículo agora testado é o resultado mais avançado, sofreu um duro revés em Janeiro passado, quando o sucessor do X-43A teve sua construção cancelada.

O motor supersônico utiliza a própria pressão do ar causada pelo seu vôo em altíssima velocidade para acelerar ainda mais. Teoricamente ele pode atingir até Mach 15. Mas a própria NASA afirmou, antes do teste, que o vôo seria de altíssimo risco, justamente porque os engenheiros não sabiam se o material com que o X-43A foi construído resistiria ao calor gerado pelo atrito com a atmosfera, a uma velocidade de Mach 10.

Ao contrário de uma turbina normal de avião, o estatojato não possui partes móveis. A combustão ocorre porque o ar passa através do motor em velocidade tão alta que sua pressão causa a explosão do combustível. Mas, ao contrário dos foguetes, um avião hipersônico movido pelo estatojato pode ser desacelerado e pousar normalmente em uma pista.





Outras notícias sobre:

Mais Temas