Robótica

Robô cirurgião auxilia médicos em operações do trato gastroinstestinal

Redação do Site Inovação Tecnológica - 09/01/2007

Robô cirurgião auxilia médicos em operações do trato gastroinstestinal

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins, Estados Unidos, começaram a testar um novo robô flexível, que deverá ajudar os cirurgiões a fazerem operações mais precisas e mais seguras em todo o trato gastroinstestinal.

O robô se contorce de forma parecida com uma cobra, graças a um sistema de movimentação com seis graus de liberdade. Ele é também fino o suficiente para adentrar ao organismo sem oferecer riscos ou dores pós-operatórias.

"Nós não estamos tentando substituir ou automatizar os cirurgiões," diz o Dr. Russell H. Taylor. "Nós queremos trabalhar em parceria com os cirurgiões para ajudá-los a fazer seu trabalho de forma mais efetiva. As mãos humanas são extraordinárias, mas elas têm limitações."

As ferramentas cirúrgicas são presas à extremidade do robô-cirurgião, que funciona como se fosse um tentáculo. Ele pode entrar pela garganta de forma mais suave do que as ferramentas atuais, que têm pouca flexibilidade.

Dependendo da necessidade, o robô pode facilmente ser controlado para assumir uma forma de S, permitindo que adentro a locais do organismo que hoje são considerados de acesso dificílimo.

Outras notícias sobre:

Mais Temas