Robótica

Quer construir um robô? Siga a receita

Redação do Site Inovação Tecnológica - 30/04/2007

Quer construir um robô Siga a receita

Engenheiros da Universidade Carnegie Mellon, Estados Unidos, desenvolveram uma série de robôs que são simples o suficiente para que qualquer aficcionado de robótica possa construir em sua própria casa, a partir de componentes encontráveis no comércio. Mas que, ao mesmo tempo, são máquinas sofisticadas capazes de se conectar à Internet por redes sem fios.

Kit de robôs

Os robôs são modulares e podem ser construídos em qualquer formato, que vão desde um modelo tradicional de três rodas até uma "flor robótica" dotada de sensores infravermelhos.

Todos podem ser dotados de câmeras que transmitem imagens ao vivo pela Internet, permitindo que se acompanhe o movimento do robô à distância. O último componente da família é um ursinho de pelúcia capaz de conversar, detectar a presença de pessoas e enviar imagens do próprio quarto da pessoa pela Internet.

A modularidade é possibilitada pela utilização do Kit Robótico de Telepresença - Terk na sigla em inglês - desenvolvido pela equipe do professor Illah Nourbakhsh. O objetivo do kit é permitir a disseminação das experiências e pesquisas em robótica para escolas de ensino médio e hobistas em geral.

Como construir um robô: siga a receita.

Ao contrário de outros kits de robótica, o Terk não será vendido na forma de um conjunto completo de partes a serem montadas. Os pesquisadores vão liberar "receitas" para a construção, cabendo aos interessados encontrar as peças necessárias no comércio ou adaptar aquelas que estiverem ao seu alcance.

No coração de cada robô Terk está um controlador eletrônico chamado Querk, que contém um microcomputador com todo o software e os aparatos eletrônicos necessários para receber as leituras dos sensores e controlar os motores, câmeras e outros equipamentos que forem incluídos no robô.

O controlador é na verdade um computador completo rodando sistema operacional Linux, o que significa que virtualmente qualquer linguagem de programação poderá ser utilizada no controle dos robôs.

O controlador aceita, por exemplo, qualquer dispositivo USB. o controlador Qwerk será vendido comercialmente (por enquanto apenas nos Estados Unidos), sendo necessário para se fazer as "receitas" de robôs disponíveis no site do Terk (veja link abaixo, no quadro para navegar).

Outras notícias sobre:

Mais Temas