Robótica

Robôs-lagartixa poderão ser usados para exploração espacial

Redação do Site Inovação Tecnológica - 24/07/2007

Robôs-lagartixa para exploração espacial
A pequena gravidade permitirá que os robôs-lagartixa carreguem todos os equipamentos necessários. [Imagem: NanoRobotics Lab/Carnegie]

Vêm aí as lagartixas marcianas. Este pelo menos é o desejo da equipe do Dr. Metin Sitti, da Universidade Carnegie Mellon, Estados Unidos.

Ele está projetando uma série de robôs capazes de se locomover em qualquer tipo de terreno utilizando adesivos secos, em um sistema que imita a estrutura existente nas patas das lagartixas.

Robôs com pernas

O Dr. Sitti acredita que robôs com pernas são mais flexíveis e adaptáveis, podendo explorar melhor o terreno desconhecido de outros planetas e de asteróides. Como exigem circuitos menores, eles são mais menores e mais leves, diminuindo o custo das missões espaciais, onde o peso dos equipamentos é sempre uma limitação importante.

Robôs-lagartixa para exploração espacial
Os protótipos construídos pela equipe podem subir até mesmo em superfícies de vidro. [Imagem: NanoRobotics Lab/Carnegie]

O grande desenvolvimento, que está permitindo que os robôs-lagartixa literalmente subam pelas paredes, é um adesivo que imita a estrutura de minúsculos pêlos existentes nos pés das lagartixas. Os protótipos construídos pela equipe podem subir até mesmo em superfícies de vidro.

Gravidade reduzida

O princípio de funcionamento dos pés dos robôs é baseado na força de Van der Waals, utilizando a atração intermolecular para fixar os pés. A grande vantagem de sua utilização espacial é que os ambientes de gravidade reduzida permitirão que os robôs sejam mais ágeis e carreguem toda a carga útil necessária para realizar os experimentos.

Bibliografia:

Waalbot: An Agile Small-Scale Wall Climbing Robot Utilizing Dry Elastomer Adhesives
M. Murphy, M. Sitti
IEEE/ASME Transactions on Mechatronics
June 2007
Vol.: In Press
Outras notícias sobre:

Mais Temas