Robótica

Software super avançado não impede que robô colida com mesas

Redação do Site Inovação Tecnológica - 23/11/2007

Software super avançado não impede que robô colida com mesas
[Imagem: AP Photo]

O visual do Emiew, o robô pessoal da empresa japonesa Hitachi, melhorou muito desde o seu lançamento, em 2005 (veja Hitachi lança robô pessoal com rodas). Já o seu desempenho deixou a desejar, apresentando pelo menos duas falhas graves durante sua demonstração à imprensa.

Navegação entre "objetos móveis"

O Emiew está sendo projetado para trabalhar em ambientes de escritório, sendo equipado com uma das mais avançadas tecnologias já desenvolvidas para a livre navegação entre "objetos móveis" - é assim que os robôs chamam os humanos, que não param de andar de um lado para o outro, sem nenhum padrão lógico de movimento.

Mas o simpático robozinho não contava com a poluição eletromagnética do ambiente, lotado de engenheiros e jornalistas utilizando telefones celulares e conexões de rede sem fio.

Falha de comunicação

Provavelmente por falha de comunicação com o notebook de controle, que lhe passava os comandos, Emiew chocou-se violentamente contra as mesas ao tentar andar pelo escritório especialmente montado para a demonstração. Refeito do susto, ele continou a apresentar seus dotes, embora tenha travado inexplicavelmente logo a seguir e exigido que os engenheiros lhe aplicassem um "Control-Alt-Del".

O robô Emiew, agora em sua versão 2.0, mede 80 centímetros de altura e pesa 13 quilogramas. Ao contrário dos outros robôs humanóides, ele utiliza principalmente suas rodas para se movimentar, ao invés de um andar bípede. Mas ele possui pernas, que podem se erguer, permitindo que ele suba escadas ou passe sobre objetos e pequenos obstáculos.

Outras notícias sobre:

Mais Temas