Robótica

Robô sobe pelas paredes utilizando pés com adesivos

Redação do Site Inovação Tecnológica - 04/12/2007

Robô sobe pelas paredes utilizando pés com adesivos

As lagartixas sempre foram uma fonte de inspiração para quem trabalha com adesivos. Ao poucos, os cientistas vêm conseguindo imitar o efeito das cerdas microscópicas que permitem que esses animais andem pelas paredes e pelo teto.

E os roboticistas estão de olho nesses resultados, porque eles poderão permitir a fabricação de robôs que também andem pelas paredes e pelo teto. Hoje já existem vários robôs assim, mas que utilizam sucção, atração magnética - o que limita sua aplicação - e até garras mecânicas.

Adesivo seco

Para demonstrar que é possível construir um robô que ande pelas paredes utilizando adesivos, engenheiros da Universidade Carnegie Mellon construíram o pequeno Waalbot (não, não é wallbot), que possui duas rodas, cada uma dotada de três "pés".

Embaixo de cada um dos seis pés vai o adesivo, que é seco e fabricado especialmente pela equipe. "Esses novos adesivos de fibra irão melhorar drasticamente o desempenho da escalada do nosso Waalbot num futuro próximo, e serão aplicados a uma gama muito grande de produtos, além da robótica," diz o pesquisador Metin Sitti.

Biomimetismo

"A inspiração biológica nos deu um excelente ponto de partida para projetar novos robôs em miniatura mais ágeis," diz Sitti. "Mas nós fomos além dos princípios biológicos utilizando nossos materiais sintéticos e mecanismos de movimento abstrato."

As aplicações possíveis de robôs escaladores incluem a inspeção e a limpeza de edifícios, o monitoramento de ambientes perigosos, a manutenção de espaçonaves e qualquer outra tarefa que seja arriscada demais para um ser humano.

Outras notícias sobre:

Mais Temas