Plantão

Aberta consulta pública sobre estratégia para transformação digital

Estratégia digital

O ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) abriu uma consulta pública para que a sociedade opine sobre a Estratégia Brasileira para a Transformação Digital.

As contribuições poderão ser feitas durante todo o mês de Agosto.

O governo já conta com um documento-base para elaboração da estratégia - o documento estará disponível para quem se cadastrar para contribuições - elaborada por um grupo interministerial que debateu o tema em 18 reuniões. Cerca de 130 especialistas foram ouvidos pelo governo durante a elaboração.

Após inserir as contribuições da população, o documento, que servirá de parâmetro para uma norma, deve ser encaminhado até o final do ano para a Casa Civil.

Um dos problemas é que o documento-base proposto pelo governo foi elaborado entre 2005 e 2012 - portanto, já está defasado em pelo menos cinco anos.

Telemarketing e empresas emergentes

Segundo a equipe que elaborou o documento, o fluxo de dados no mundo aumentou 40 vezes e o uso de dados digitais pode ser usado para criar ou modificar os negócios. "Os britânicos, por exemplo, declaram ser uma economia movida por dados," disse Miriam Wimmer, do MCTIC.

Além de tentar igualar as políticas de tecnologia do país às políticas globais, a estratégia tem entre seus objetivos contribuir para a recuperação da competitividade brasileira. A proposta do programa, por exemplo, prevê 100 ações de interesse do poder público, dos cidadãos e do setor privado.

Entre as propostas destacadas pelo governo está a de levar banda larga a 25 mil escolas públicas. A velocidade da conexão será definida a partir do porte da instituição.

Também há propostas de melhorar a conectividade de empresas de telemarketing, favorecendo a excelência nos negócios desse tipo de companhia e de investir em 200 empresas emergentes de alta tecnologia por ano.





Outras notícias sobre:

Mais Temas