Plantão

Aparelhos de rádio FM terão ampliação na faixa de frequências

FM larga

Uma portaria conjunta entre o Ministério da Ciência e Tecnologia (MCTIC) e o Ministério da Indústria e Comércio (MDIC) determinou a ampliação do espectro de rádio FM nos equipamentos fabricados no Brasil.

O espectro disponível para rádios FM vai aumentar devido à implementação da televisão digital e ao desligamento do sinal analógico de TV, que terá sua frequência de transmissão deixada livre.

Com a portaria, os aparelhos de rádio terão que prever o uso da faixa FM entre 76 e 108 MHz - hoje, a faixa vai de 88 a 108 MHz.

Além do desligamento das transmissões de TV analógica, o país está passando por uma migração das rádios AM para FM.

A expectativa é que os receptores com a faixa de 76 MHz a 108 MHz facilitem essa migração das emissoras de rádio AM, sobretudo nas grandes cidades, onde a faixa de 88 a 108 já está largamente ocupada, sem espaço para a inclusão das novas emissoras.

Até o final do ano, cerca de mil emissoras AM no país terão passado a utilizar o espectro FM, com áudio de melhor qualidade e menos ruído.





Outras notícias sobre:

Mais Temas