Meio ambiente

Aquecimento global só voltará em 15 ou 20 anos, dizem cientistas

Aquecimento global só voltará em 15 ou 20 anos, dizem cientistas
(No alto) As temperaturas superficiais médias globais, onde os pontos pretos são médias anuais. Dois períodos de hiato são separados por um rápido aquecimento de 1976 a 1999. (No meio) Observações do conteúdo de calor, em comparação com a média, no norte do Oceano Atlântico. (Embaixo) A salinidade da água do mar na mesma parte do Atlântico.[Imagem: K. Tung/Univ. Washington]

Por que o rápido aquecimento global que caracterizou a última parte do século 20 abrandou nos últimos 15 anos mais ou menos?

Embora as mudanças climáticas sejam evidentes, a elevação da temperatura média do planeta dá sinais de estabilização ou reversão desde o final do século passado - é o que os climatologistas estão chamando de hiato do aquecimento global.

Muitas teorias diferentes têm sido propostas para explicar essa reversão, o que inclui uma revisão para baixo das previsões, com alguns cientistas afirmando que o aquecimento global pode ser mais suave do que se temia.

Agora, um novo estudo sugere que um movimento massivo de calor de águas superficiais rasas para regiões profundas do Atlântico e outros mares do sul - e não do Oceano Pacífico, como muitos pesquisadores haviam previsto - pode ser o responsável por essa aparente onda de "resfriamento global".

Xianyao Chen e Ka-Kit Tung, da Universidade de Washington, analisaram dados de boias marinhas - sensores oceanográficos que podem se mover verticalmente ao longo da coluna de água - e traçaram os caminhos que o calor tomou através dos oceanos desde a virada do século 21.

Os oceanos podem armazenar cerca de 90% do calor superficial da Terra, e os cientistas sugerem que a maior parte do excesso de calor que teria continuado a alimentar o aquecimento global está armazenado nas bacias dos oceanos Atlântico e dos outros mares do sul.

Eles também sugerem que uma mudança súbita na salinidade que coincide com a desaceleração do aquecimento global no início do século 21 pode ter provocado essa migração do calor para águas mais profundas.

Historicamente, eventos semelhantes têm tido uma duração de 20 a 35 anos, de acordo com Chen e Tung.

Consequentemente, os dois cientistas sugerem que o aquecimento global só retornará daqui a 15 ou 20 anos, quando o calor retornar das profundezas dos mares para as águas superficiais.

Bibliografia:

Varying planetary heat sink led to global-warming slowdown and acceleration
Xianyao Chen, Ka-Kit Tung
Science
Vol.: 345, Issue 6199, 897-903
DOI: 10.1126/science.1254937




Outras notícias sobre:

Mais Temas