Plantão

Brasil ganha empresa estatal para fabricar semicondutores

Foi sancionada a lei que cria o Centro Nacional de Tecnologia Eletrônica Avançada (Ceitec S/A), uma empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT). Sediado em Porto Alegre (RS), o Ceitec poderá contar com unidades em outros estados e até no exterior.

Primeiro circuito integrado brasileiro

O Centro é uma empresa pública especializada no desenvolvimento e produção de circuitos integrados de aplicação específica (ASIC's). A unidade já recebeu cerca de R$ 270 milhões em investimentos do Governo Federal, e até o final de 2009 deve concluir a fabricação do primeiro circuito integrado desenvolvido no País.

Entre as principais metas do Ceitec também está a inserção do Brasil no mercado global de semicondutores. Os investimentos feitos no setor permitirão a implantação de outras empresas de microeletrônica no País, que vão estimular a formação e capacitação de mão-de-obra especializada e a modernização de outros setores industriais na América Latina.

Tecnologias nas áreas de semicondutores

No Ceitec serão desenvolvidas tecnologias nas áreas de semicondutores, microeletrônica e afins. A empresa poderá negociar a produção dos circuitos integrados, a concessão de licenças ou de direitos de uso de marcas e patentes, ou ainda promover a transferência de conhecimentos gerados na unidade.

A empresa estatal também atuará nas áreas de formação de recursos humanos, por meio de intercâmbio com universidades e centros de excelência em pesquisa e desenvolvimento, com outros órgãos públicos e com empresas.

Ainda farão parte de sua atuação a promoção e o suporte de empreendimentos inovadores nas áreas de software e hardware; o fornecimento de informações, disseminação de tecnologias alternativas e a realização de trabalhos integrados com instituições de pesquisa e desenvolvimento com outros órgãos públicos e empresas privadas.





Outras notícias sobre:

Mais Temas