Plantão

Chaves virtuais no celular substituem chaves de portas

Chaves virtuais no celular substituem chaves de portas
Pesquisadores da Unicamp desenvolveram aplicativo para celular que permite controle do acesso de convidados a espaços físicos por meio de chaves virtuais.[Imagem: Ag.Fapesp/Divulgação]

Chave no celular

Pesquisadores da Unicamp desenvolveram um aplicativo para celular que permite controlar o acesso de convidados a espaços físicos por meio de "chaves virtuais".

Em vez das tradicionais chaves ou o cadastramento por recepcionistas para permitir o acesso de convidados a edifícios e empresas, basta que seja enviado um convite por meio de um aplicativo do smartphone.

Ao chegar ao local, o visitante aproxima o celular das portas, nas quais um sensor detecta a autorização e libera o acesso.

Assim, os celulares funcionam como chaves virtuais para portas, portões, catracas e outros meios de controle de acesso.

A tecnologia foi batizada comercialmente como Magikey, e os pesquisadores criaram uma startup para comercializá-la.

Comunicação por NFC

O sistema tem três componentes principais: os celulares, nos quais é instalado o aplicativo Magikey, os dispositivos nas portas e um software na nuvem que contém o banco de dados de autorizações de acesso.

A comunicação do smartphone com os dispositivos que abrem e fecham as portas é feita por NFC (near field communication), tecnologia que permite a troca de informações sem fio e de forma segura entre dispositivos compatíveis que estejam próximos um do outro. Dessa forma, logo que os dispositivos se aproximam, a comunicação é estabelecida automaticamente, sem a necessidade de configurações adicionais. Também é possível estabelecer a comunicação por bluetooth.

Por meio do aplicativo, é possível criar e distribuir chaves de acesso para visitantes e empregados. O sistema é compatível com os aparelhos com rodam Apple iOS e Android.





Outras notícias sobre:

Mais Temas