Informática

Conectividade total finalmente chega aos aviões

Conectividade total finalmente chega aos aviões
Os aviões terão a bordo um roteador que os permitirá conectar com o restante do mundo usando os protocolos IPv4 e IPv6. [Imagem: SANDRA Project]

Aviões conectados

Engenheiros europeus testaram com sucesso, em condições reais de voo, uma nova tecnologia de comunicações que promete finalmente levar a conectividade total para os aviões, permitindo que as aeronaves comuniquem-se com múltiplas fontes de dados.

Enquanto os passageiros poderão contar com acesso em banda larga à Internet, os pilotos e os computadores de voo poderão acessar informações do tráfego aéreo e do clima em tempo real, além de comunicar-se mais facilmente com as torres de controle e com outros aviões.

Além de oferecer uma conectividade de dados muito mais rápida, a tecnologia substitui os pesados equipamentos de rádio usados hoje por sistemas baseados em software.

A integração de todos os sistemas de comunicação de um avião em um único sistema foi obtida pelo Projeto SANDRA (Seamless aeronautical networking through integration of data links, radios, and antennas, rede aeronáutica com integração de links, rádios e antenas, em tradução livre).

"Com os novos sistemas testados com sucesso pelo SANDRA, os computadores de voo receberão dados meteorológicos detalhados e informações do tráfego aéreo em tempo real," disse Paolo Di Michele, coordenador do projeto. "Hoje, os pilotos geralmente dependem do controle de tráfego aéreo para transmitir este tipo de dado verbalmente."

Rádio por software

O novo sistema integra diversos canais de comunicação usados em aeronaves - do rádio VHF para conversas aos vários links de dados - usando o protocolo IP mais recente da Internet.

A integração baseia-se em um novo protocolo de comunicações sem fios, chamado AeroMACS, desenvolvido especificamente para a indústria aeronáutica.

Mas a equipe do SANDRA foi além e desenvolveu também o suporte para comunicações digitais em voo, incluindo a internet em banda larga e até sessões de videoconferência.

A equipe também encontrou uma maneira de substituir os pesados e ineficientes aparelhos de rádio que todos os aviões usam atualmente para se comunicar em muitas bandas diferentes do espectro de rádio por um sistema de rádio definido por software, capaz de se conectar em várias frequências ao mesmo tempo e permitindo simplificar o hardware.

"Com uma demonstração tão clara e prática, os fabricantes de aeronaves estão ansiosos para implementar as tecnologias testadas com sucesso pelo SANDRA. Esperamos vê-las em todos os novos aviões em breve," disse Di Michele.





Outras notícias sobre:

Mais Temas