Mecânica

Conjunto aerodinâmico para caminhões corta consumo de combustível em 15%

Conjunto aerodinâmico para caminhões corta consumo em 15%
[Imagem: Part Project]

Engenheiros da Universidade de Delft, na Holanda, desenvolveram um sistema de carenagens laterais para carretas que reduz o consumo de combustível em até 15%. A nova solução aerodinâmica mostrou nos testes práticos resultados superiores aos previstos nos modelos inicialmente desenvolvidos em computador.

Aerodinâmica das carretas

Ao contrário do que vem acontecendo com os carros e mesmo com os caminhões propriamente ditos há vários anos, o estudo e a aplicação da aerodinâmica em carretas é um esforço relativamente recente.

Esta pesquisa foi conduzida pelo projeto europeu PART (Platform for Aerodynamic Road Transport), formado por entidades de pesquisa do governo holandês e várias empresas do ramo automobilístico.

Conjunto aerodinâmico

Além das saias laterais, o conjunto aerodinâmico contém uma "cauda" que reduz o chamado "rastro", um conjunto de vácuo e correntes de ar que se forma na traseira do reboque à medida que o caminhão se movimenta.

Com base nos testes reais, os pesquisadores calculam que o investimento na colocação das saias laterais e da cauda nas carretas é recuperado em dois anos. O conjunto aerodinâmico como um todo reduz a resistência do ar em 30%, o que se transforma em uma economia de combustível de 15%.

Economia de combustível

A pesquisa demonstrou que as saias laterais estão prontas para uso comercial e deverão começar a ser fabricadas por um parceiro da indústria. Já a cauda deverá ser alvo de maiores pesquisas, já que ela representa um fator limitador para as operações de carga e descarga.

Apenas com as saias laterais, a diminuição da resistência do ar ficou entre 14 e 18%, o que significou uma economia de combustível em torno de 10%.





Outras notícias sobre:

Mais Temas