Informática

Criptografia quântica implementada em rede óptica real

Criptografia quântica é feita com sucesso em rede óptica real
Tanto os dados quanto a chave de segurança podem usar a mesma fibra óptica - até agora, eram necessárias duas ou três fibras para garantir uma conexão segura. [Imagem: NPL]

Foi realizado com sucesso o primeiro teste de criptografia quântica usando uma rede de fibras ópticas "viva".

Ao contrário dos testes anteriores, feitos em condições controladas de laboratório, o novo teste foi realizado em uma rede óptica operacional no Reino Unido.

A demonstração da praticidade da criptografia quântica em condições reais foi obtida por pesquisadores do Laboratório Nacional de Física do Reino Unido em colaboração com as empresas Toshiba, BT e ADVA.

Distribuição de chaves quânticas

A tecnologia QKD (Quantum Key Distribution, ou distribuição de chaves quânticas) representa uma nova fronteira da segurança da informação, na qual, além da segurança dos dados, é possível saber se alguém está tentando espioná-los, mesmo sem saber a chave para decifrá-los.

A QKD compartilha uma chave entre dois usuários que é totalmente segura graças às leis da mecânica quântica.

Qualquer tentativa de interceptar as chaves pode ser identificada porque a leitura dos estados quânticos introduz anomalias que podem ser detectadas - nesse caso, a transação pode ser abortada e uma nova chave enviada automaticamente.

Neste teste real, foi utilizada uma única fibra óptica. Isto é significativo porque tanto os dados quanto a chave de segurança podem usar a mesma rota - até agora, eram necessárias duas ou três fibras para garantir uma conexão segura.

Há poucos dias, outro grupo também do Reino Unido anunciou uma tecnologia que poderá viabilizar o uso da criptografia quântica em telefones celulares.





Outras notícias sobre:

Mais Temas