Informática

Encefalofone permite criar música pelo pensamento

Encefalofone permite criar música pelo pensamento
Esquema geral de funcionamento do encefalofone. [Imagem: Thomas A. Deuel et al. - 10.3389/fnhum.2017.00213]

Encefalofone

Neurologistas criaram um instrumento musical para ser tocado exclusivamente pelo pensamento, sem utilização das mãos.

Eles esperam que este novo neuroinstrumento ajude a reabilitar pacientes com deficiência motora, como acidentes vasculares cerebrais, lesão medular, amputação ou esclerose lateral amiotrófica.

O Encefalofone coleta os sinais cerebrais através de um capacete com eletrodos e transforma sinais específicos em notas musicais. O aparelho é acoplado a um sintetizador, permitindo ao usuário criar música usando uma grande variedade de sons instrumentais.

"O Encefalofone é um instrumento musical que você controla com seus pensamentos, sem movimento," reforça seu inventor, Thomas Deuel, neurologista do Centro Médico Sueco, que trabalhou em conjunto com colegas da Universidade de Washington, nos EUA.

Música pelo pensamento

O Encefalofone pode ser controlado através de dois tipos independentes de sinais cerebrais: aqueles associados ao córtex visual (isto é, fechando e abrindo os olhos) ou aqueles associados com o pensamento sobre o movimento.

O controle com o pensar em um movimento - tentar levantar o braço, por exemplo, ainda que o membro não se mova mais devido ao problema neurológico - pode ser mais útil para pacientes com deficiência. Contudo, nos experimentos iniciais, com um grupo de 15 pacientes, o controle pelo fechamento dos olhos mostrou-se mais preciso.

O conceito é baseado nas interfaces cérebro-computador que usam a tradicional eletroencefalografia, que mede sinais elétricos no cérebro. Os cientistas começaram a converter esses sinais em sons na década de 1930 e, mais tarde, em música na década de 1960. Mas, mesmo com todo o progresso tecnológico, esses métodos ainda são difíceis de aprender e controlar.

Deuel e seus colegas já estão trabalhando com um grupo maior de pacientes para ver o quanto os usuários podem melhorar com mais treinamento. Um ensaio clínico do Encefalofone está previsto para começar no final deste ano, para ver se o aparelho pode ser útil ou agradável para pacientes com deficiência.

"Há um grande potencial para o Encefalofone melhorar a reabilitação de pacientes com AVC e pessoas com deficiência motora," concluiu Deuel.

Bibliografia:

The Encephalophone: A Novel Musical Biofeedback Device using Conscious Control of Electroencephalogram (EEG)
Thomas A. Deuel, Juan Pampin, Jacob Sundstrom, Felix Darvas4
Frontiers in Human Neuroscience
DOI: 10.3389/fnhum.2017.00213




Outras notícias sobre:

Mais Temas