Espaço

Exoplaneta potencialmente habitável está vindo em nossa direção

Exoplaneta potencialmente habitável está vindo em nossa direção
Esta concepção artística mostra o planeta temperado Ross 128 b com a sua estrela anã vermelha progenitora ao fundo.[Imagem: ESO/M. Kornmesser]

Exoplaneta temperado

Os telescópios do ESO no Chile, os mesmos que haviam descoberto o exoplaneta mais próximo de nós no ano passado, agora encontraram outro planeta que vale a pena dar uma espiada em busca de vida como a conhecemos.

O exoplaneta Ross 128 b é o mais próximo já descoberto em torno de uma estrela anã vermelha inativa, o que aumenta a probabilidade desse planeta poder potencialmente sustentar vida.

Localizado a 11 anos-luz de distância, o planeta tem diâmetro semelhante ao da Terra e está bem próximo de sua estrela - ele tem um ano com duração de apenas 9,9 dias. Mas como sua estrela é muito mais fria, mesmo estando muito próximo sua temperatura é baixa - os astrônomos afirmam ser um planeta com clima temperado.

As anãs vermelhas estão entre as estrelas mais frias e de menor brilho do Universo - sendo também as mais comuns. Por isso elas são bons alvos para a procura de exoplanetas, sendo cada vez mais estudadas.

Muitas estrelas anãs vermelhas, incluindo Próxima Centauro, onde está o exoplaneta mais próximo de nós, o Próxima b, ejetam ocasionalmente plumas de material que banham seus planetas com radiação ultravioleta e raios X. No entanto, a Ross 128 é uma estrela muito mais calma e, por isso, os seus planetas podem ser os mais próximos conhecidos que poderão sustentar vida de modo confortável.

Exoplaneta a caminho de nós

Apesar de se situar atualmente a 11 anos-luz de distância da Terra, na dança contínua das estrelas dentro da Via Láctea a estrela Ross 128 move-se na nossa direção. Os cálculos indicam que ela será a nossa vizinha mais próxima daqui a apenas 79.000 anos - um piscar de olhos em termos cósmicos. Nessa altura, Ross 128 b destronará Próxima b, tornando-se o exoplaneta mais próximo da Terra.

O exoplaneta Ross 128 b tem uma órbita 20 vezes mais próxima da sua estrela do que a Terra do Sol. Apesar da proximidade, o exoplaneta recebe apenas 1,38 vez mais luz do que a Terra, o que resulta em uma temperatura estimada entre -60º C e 20º C - sua estrela tem apenas cerca de metade da temperatura da superfície do Sol.

Embora os astrônomos envolvidos na descoberta considerem o Ross 128 b como um planeta temperado, não se sabe ainda se o exoplaneta se situa no interior, no exterior ou na periferia da zona habitável, onde pode existir água líquida na superfície do planeta.

Para tentar descobrir isso e obter outras informações sobre o Ross 128 b, o exoplaneta será o alvo principal do futuro telescópio E-ELT do ESO, que será o maior telescópio do mundo e terá a capacidade de procurar marcadores biológicos na atmosfera dos exoplanetas.

Bibliografia:

A temperate exo-Earth around a quiet M dwarf at 3.4 parsecs
X. Bonfils, N. Astudillo-Defru, R. Diaz, J.-M. Almenara, T. Forveille, F. Bouchy, X. Delfosse, C. Lovis, M. Mayor, F. Murgas, F. Pepe, N. C. Santos, D. Segransan, S. Udry, A. Wunsche
Astronomy & Astrophysics
DOI: 10.1051/0004-6361/201731973




Outras notícias sobre:

Mais Temas