Espaço

Telescópio Hubble descobre quarta lua de Plutão

Telescópio Hubble descobre quarta lua de Plutão
A nova lua foi descoberta durante uma pesquisa para ajudar a missão Novos Horizontes, uma sonda que já atravessou metade do Sistema Solar e deverá chegar a Plutão em 2015. [Imagem: NASA/ESA/M. Showalter/SETI]

Pérola do anel

O Telescópio Espacial Hubble descobriu uma quarta lua orbitando o planeta anão Plutão.

O minúsculo novo satélite - chamado provisoriamente de P4 - foi descoberto em uma pesquisa que os astrônomos faziam tentando descobrir anéis ao redor do planeta anão.

A NASA está conduzindo um estudo detalhado de Plutão para a missão New Horizons (Novos Horizontes). A sonda, lançada em 2006, já atravessou metade do Sistema Solar, devendo chegar a Plutão em 2015.

Lua anã

A nova lua é a menor já descoberta ao redor de Plutão.

Ela tem um diâmetro estimado entre 13 e 34 quilômetros (km). Em comparação, Caronte, a maior lua de Plutão, tem 1.043 km de diâmetro, e as outras duas, Nix e Hidra, medem 32 a 113 km, respectivamente.

"Acho notável que as câmeras do Hubble tenham visto um objeto tão pequeno, tão claramente, a uma distância de mais de 5 bilhões de km," disse Mark Showalter, do Instituto SETI, líder do programa de observações.

A nova lua está localizada entre as órbitas de Nix e Hidra, que o Hubble descobriu em 2005. Caronte foi descoberta em 1978, mas só em 1990 o telescópio Hubble tirou as dúvidas, colocando-a como um corpo separado de Plutão.

Lua escondida

A lua P4 foi vista pela primeira vez em uma foto tirada no dia 28 de junho. Ela foi confirmada em imagens subsequentes, que o Hubble capturou em 3 de julho e 18 de julho.

A lua não havia sido vista em imagens anteriores do próprio Hubble porque os tempos de exposição haviam sido mais curtos.

Há uma chance de que ela tenha aparecido como uma mancha muito fraca em imagens feitas em 2006, mas foi ignorada porque não aparecia claramente.





Outras notícias sobre:

Mais Temas