Plantão

Identificados novos gases que ameaçam camada de ozônio

Cientistas identificaram quatro novos gases de efeito estufa que estão contribuindo para a destruição da camada de ozônio.

Embora as concentrações atuais desses gases ainda sejam pequenas, dois deles estão se acumulando na atmosfera a uma taxa significativa.

Mas a origem dos novos gases ainda permanece um mistério, dizem os cientistas.

Três dos gases são CFCs e um é o hidroclorofluorocarboneto (HCFC), que também pode danificar o ozônio.

"Nossa pesquisa identificou quatro gases que não estavam na atmosfera até a década de 1960, o que sugere que eles são produzidos pelo homem", disse o chefe da pesquisa, Johannes Laube, da Universidade de East Anglia, no Reino Unido.

Os cientistas descobriram os gases analisando blocos de neve. Segundo eles, o ar extraído dessa neve é um "arquivo natural" do que estava na atmosfera até 100 anos atrás.

Os quatro novos gases foram identificados como CFC-112, CFC112a, CFC-113a, HCFC-133a.

O CFC-113a foi listado como um "insumo agroquímico para produção de piretroides", um tipo de inseticida que já foi usado largamente na agricultura. Assim como o HCFC-133a, ele também é usado na fabricação de refrigeradores.

Os CFC-112 e 112a podem ter sido usados na produção de solventes de limpeza de componentes elétricos.

Concentrações minúsculas

Os dados indicam que cerca de 74 mil toneladas desses gases foram liberados na atmosfera.

"As concentrações encontradas neste estudo são minúsculas. No entanto, nos lembra que precisamos estar vigilantes e monitorar continuamente a atmosfera," disse Piers Forster, professor da Universidade de Leeds, que não participou do estudo.

Segundo Forster, a maior preocupação é com o CFC-113a, já que a emissão, embora ainda pequena, cresce rapidamente.

"Nós não sabemos de onde os novos gases estão sendo emitidos e isso deve ser investigado. Fontes possíveis incluem insumos químicos para a produção de inseticidas e solventes para limpeza de componentes eletrônicos", afirmou Laube.

Bibliografia:

Newly detected ozone-depleting substances in the atmosphere
Johannes C. Laube, Mike J. Newland, Christopher Hogan, Carl A. M. Brenninkmeijer, Paul J. Fraser, Patricia Martinerie, David E. Oram, Claire E. Reeves, Thomas Röckmann, Jakob Schwander, Emmanuel Witrant, William T. Sturges
Nature Geoscience
Vol.: Published online
DOI: 10.1038/ngeo2109




Outras notícias sobre:

Mais Temas