Meio ambiente

Maior vulcão da Terra é descoberto no Pacífico

Maior vulcão da Terra
[Imagem: Will Sager]

Maior vulcão da Terra

Uma equipe internacional de cientistas confirmou que o maior vulcão da Terra está nas profundezas do Oceano Pacífico.

A boa notícia é que ele está extinto.

O vulcão gigantesco, chamado Tamu Massif, também é um dos maiores do Sistema Solar, comparável em tamanho aos vulcões encontrados em Marte.

Localizado a 1.600 km a leste do Japão, o Tamu Massif é a maior estrutura da cadeia de montanhas submarinas chamada Shatsky Rise.

Ele é baixo e largo, o que significa que seus fluxos de lava devem ter viajado longas distâncias em comparação com a maioria dos outros vulcões da Terra. O fundo do mar é pontilhado com milhares de vulcões submarinos, mas quase todos são pequenos e íngremes em comparação com o Tamu Massif.

O maior vulcão da Terra mede cerca de 310.000 km2 - para comparação, o Mauna Loa, no Havaí, o maior vulcão ativo da Terra, cobre uma área aproximada de 5,2 km2.

Até agora, ninguém havia conseguido comprovar se a formação era um vulcão único ou uma série de vulcões.

Mas esta pode não ser a palavra final sobre grandes vulcões terrestres.

"Pode haver vulcões maiores porque há grandes formações ígneas, tais como a Ontong Java Plateau, mas nós não sabemos se essas formações são um complexo de vulcões ou um vulcão único," alerta o Dr. William Sager, que coordenou a pesquisa.

O nome Tamu foi dado pelo Dr. Sager, formado pelas iniciais da sua universidade - Texas A&M University. Massif é um termo genérico usado para batizar várias estruturas montanhosas - significa maciço, ou massivo.

Bibliografia:

An immense shield volcano within the Shatsky Rise oceanic plateau, northwest Pacific Ocean.
William W. Sager, Jinchang Zhang, Jun Korenaga, Takashi Sano, Anthony A. P. Koppers, Mike Widdowson, John J. Mahoney
Nature Geoscience
Vol.: Published online
DOI: 10.1038/ngeo1934




Outras notícias sobre:

Mais Temas