Meio ambiente

Metais mais raros da Terra entram para "lista de risco"

Redação do Site Inovação Tecnológica - 15/09/2011

Metais mais raros da Terra entram para
O quadro indica o número de elementos no grupo de risco de cada país.[Imagem: BGS/NERC]

Elementos de risco

O Serviço Geológico Britânico divulgou uma lista de "elementos ameaçados de fornecimento".

Não é uma lista de elementos raros ou "ameaçados de esgotamento", mas daqueles elementos mais importantes economicamente com risco de sofrerem quebra na cadeia de fornecimento global.

"A lista dá uma indicação do risco relativo para o fornecimento dos elementos químicos ou grupos de elementos que precisamos para manter nossa economia e nosso estilo de vida," afirma o órgão britânico, em tom pouco diplomático.

A posição de cada elemento na lista é determinada por fatores que podem impactar sua oferta, incluindo a abundância de cada elemento na crosta terrestre, a localização da produção e das reservas atuais, e a estabilidade política desses locais.

Minerais tecnológicos

Os dados destacam a importância da China na mineração mundial, sobretudo nesta área dos chamados "minerais tecnológicos".

O Brasil está presente entre os elementos com sinal vermelho, graças ao nióbio - o país fornece quase a totalidade do nióbio do mundo, um elemento importante na indústria do aço, eletrônica, supercondutores e até dos experimentos com a fusão nuclear.

A lista é encabeçada por minerais como as terras raras, grupo da platina, o nióbio e o tungstênio.

Segundo os organizadores da lista, não há nenhum risco de esgotamento das reservas de nenhum dos minerais listados, sendo que os maiores riscos ao fornecimento são "fatores de risco humanos" - geopolítica e nacionalismo - e acidentes.

Metais mais raros da Terra entram para
[Imagem: BGS]
Outras notícias sobre:

Mais Temas