Plantão

MIT poderá ter unidade no Brasil

Universidade de excelência

Cumprindo a promessa de que iria aos Estados Unidos buscar conhecimento e inovação, e não dinheiro, a presidente Dilma Rousseff anunciou a vinda para o Brasil de uma unidade do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

O MIT é uma das mais respeitadas instituições de pesquisa e inovação dos Estados Unidos e do mundo.

Segundo o ministro da Educação, Aloízio Mercadante, as negociações para a abertura da possível sede do MIT no Brasil estão em andamento e ainda não há previsão sobre a cidade onde ela ficará.

"Estamos agora concluindo as negociações e a presidente deu integral apoio. Vamos ter uma escola do MIT no Brasil," anunciou. "[Para] Tudo no Brasil nós temos pressa. Então depende do ritmo deles, o nosso vai ser bem acelerado."

Acordo MIT-ITA

A presidente participou ainda da assinatura de dois acordos de cooperação entre a Escola de Engenharia do MIT e o ITA (Instituto Tecnológico de Aeronáutica), que tem sede em São José dos Campos, São Paulo.

Os termos do primeiro acordo de intenções ainda serão concluídos nos próximos meses, mas devem envolver o intercâmbio de estudantes, professores e pesquisadores, pesquisas conjuntas e o desenvolvimento de novos programas educacionais.

De acordo com Mercadante, o convênio também prevê a criação de um centro de inovação na sede do ITA.

Já o segundo convênio envolve a concessão de 50 bolsas para doutores brasileiros estudarem no MIT.

Segundo a direção da instituição, há um total de 58 estudantes brasileiros atualmente no MIT, sendo 10 de graduação, 40 de de pós-graduação e oito visitantes. Há também sete brasileiros em programas de pós-doutorado e três professores do Brasil.





Outras notícias sobre:

Mais Temas