Nanotecnologia

Nanotubos de boro superam desempenho de nanotubos de carbono na eletrônica

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/01/2008

Nanotubos de boro superam desempenho de nanotubos de carbono na eletrônica

Cientistas chineses descobriram que nanotubos construídos com o elemento boro podem ser melhores do que os famosos nanotubos de carbono para a construção de uma nova geração de equipamentos eletrônicos mais rápidos e com menor consumo de energia.

Nanotubos de boro

A possibilidade de se fabricar nanotubos de boro era conhecida desde 2004, mas os cientistas acreditavam que essa nova categoria de nanotubos seria inteiramente metálica.

A equipe do Dr. Jun Ni, da Universidade Tsinghua, comprovou que basta fabricar os nanotubos de boro mais estreitos para que eles se tornem semicondutores. Os cientistas utilizaram cálculos teóricos para descobrir a estrutura mais estável possível de uma folha de boro de apenas um átomo de espessura - equivalente ao grafeno de carbono.

A folha de boro será sempre metálica. Já os nanotubos serão semicondutores quando a folha original for enrolada em diâmetros menores do que 17 ângstrons.

Metálicos e semicondutores

Os nanotubos de boro, que ainda terão que ser sintetizados, terão uma estrutura mais complicada do que os hexágonos de carbono porque essa formação não é estável para o boro. Contudo, adicionando um átomo extra ao centro de alguns dos hexágonos resulta na mais estável estrutura possível para um nanotubo de boro.

Os nanotubos mais largos são metálicos, enquanto os mais estreitos são semicondutores, permitindo seu uso para a fabricação de diodos e transistores. Mesmo aqueles que são metálicos são mais interessantes do que os nanotubos de carbono porque o boro transmite energia de forma mais eficiente do que o carbono.

Bibliografia:

Ab initio prediction of stable boron sheets and boron nanotubes
Xiaobao Yang, Yi Ding, Jun Ni
Physical Review B
2 January 2008
Vol.: 77, 041402(R)
DOI: 10.1103/PhysRevB.77.041402
Outras notícias sobre:

Mais Temas