Nanotecnologia

Nanoturbina de elétrons é a última palavra em nanomotores

Redação do Site Inovação Tecnológica - 18/06/2008

Nanoturbina de elétrons é a última palavra em nanomotores
[Imagem: Bailey et al.]

A nanotecnologia já permitiu a criação de diversos tipos de nanomotores, utilizando princípios e técnicas os mais variados. Agora, o pesquisador inglês Colin Lambert propôs um design que parece ser o mais simples possível, tanto em termos de funcionamento quanto em possibilidade de construção.

Nanomotor e nanofuradeira

A idéia do Dr. Lambert é inserir as extremidades de um nanotubo de carbono de 10 nanômetros de comprimento por 1 nanômetro de diâmetro no interior de dois outros nanotubos, mais grossos e fixados em eletrodos de ouro.

Quando uma corrente contínua fluir entre os dois eletrodos, o nanotubo central, que não tem suas extremidades presas, mas encaixadas livremente nos nanotubos maiores, deverá girar em alta velocidade.

O mesmo princípio poderá ser utilizado para a fabricação de uma nanofuradeira, bastando encaixar apenas um dos lados do nanotubo que funciona como rotor.

Turbina de elétrons

O novo nanomotor, que o Dr. Lancaster chama de "turbina eletrônica", ainda não foi construído na prática, mas passou em todas as simulações feitas em computador, demonstrando ser um projeto viável.

Nas tradicionais turbinas de vento o movimento surge como uma reação à deflexão do ar em uma direção determinada. Da mesma forma, ao passarem pelo nanotubo central da turbina eletrônica, os elétrons tenderão a seguir uma direção determinada ao longo do arranjo em espiral dos anéis de carbono. E isso deverá fazer o nanotubo central girar no sentido oposto.

Aplicações dos nanomotores

Nanomotores como esse poderão ter inúmeras aplicações, como o bombeamento de fluidos no interior de biochips, a movimentação de nanorrobôs, o chaveamento ultra-rápido em sistemas de telecomunicações e até funcionarem como memórias em tipos especiais de computadores.

O Dr. Lancaster vai ainda mais longe e afirma que o estilo nanofuradeira da sua turbina eletrônica pode ser utilizada como um canhão de elétrons e íons para a fabricação customizada de moléculas sintéticas ou para dirigir reações químicas em nanoescala.

Bibliografia:

Carbon Nanotube Electron Windmills: A Novel Design for Nanomotors
S. W. D. Bailey, I. Amanatidis, C. J. Lambert
arXiv
June 2008
http://arxiv.org/abs/0806.1468
Outras notícias sobre:

Mais Temas