Plantão

Observatório Nacional monitora três asteroides passando perto da Terra

Observatório Nacional monitora três asteroides passando perto da Terra
Além do 2013FK, o monitoramento já tem pelo menos dois outros alvos que passarão perto da Terra em 2017. [Imagem: NASA]

Bem longe

O Observatório Nacional informou que um asteroide de grandes dimensões passou perto da Terra neste domingo, mas em nenhum momento houve risco de colisão com o planeta.

O objeto, chamado 2013FK, tem 94 metros de diâmetro e passou a uma distância de 2,7 milhões de quilômetros do planeta, sete vezes mais do que a distância a Terra e a Lua.

O Observatório Nacional participa de um esforço internacional para o monitoramento de asteroides, por meio do projeto Impacton (Iniciativa de Mapeamento e Pesquisa de Asteroides nas Cercanias da Terra).

No Brasil, o rastreamento desses corpos celestes é feito por um telescópio com espelho de 1,5 metro, instalado no Observatório do Sertão de Itaparica, em Itacuruba (PE), onde são estudadas as propriedades físicas desses objetos.

Asteroides próximos em 2017

Além do 2013FK, o monitoramento já tem pelo menos dois outros alvos que passarão perto da Terra em 2017.

Em 23 de setembro, o objeto 2006SR131, com 11 metros, passará perto da Terra, a uma distância aproximada de 153 mil quilômetros.

Em outubro, outro asteroide, de 19 metros, passará a 38.400 quilômetros da Terra, o que representa apenas um décimo da distância entre a Terra e a Lua. Apesar da proximidade, não existe chance de colisão com nosso planeta.

Até o momento, estes são os dois únicos asteroides identificados que passarão a uma distância menor que a distância entre a Terra e a Lua, que é de aproximadamente 384 mil quilômetros.





Outras notícias sobre:

Mais Temas