Materiais Avançados

Chineses criam papel à prova de água e de fogo

Papel à prova de água e de fogo
O papel não queima porque é inorgânico, não possuindo celulose em sua composição. [Imagem: Fei-Fei Chen et al. - 10.1021/acsami.6b12838]

Papel que não molha e que não queima

Mais de dois milênios depois de terem inventado o papel, os chineses aperfeiçoaram sua criação, tornando-a resistente à água e ao fogo.

Pesquisadores do Instituto de Cerâmica de Xangai desenvolveram um papel que pode ser lavado sem ter o texto escrito nele danificado, além de suportar um calor de mais de 200°C sem se queimar.

Ying-Jie Zhu, um dos responsáveis pelo projeto, disse que, embora já existam papéis que possam resistir a esses elementos, nenhum deles agrupa as duas características simultaneamente.

O novo papel superresistente é capaz de repelir não apenas a água, mas também outros líquidos como café, suco, chá e até mostarda e ketchup.

Papel inorgânico

A chave para que o papel resista tanto ao fogo quanto à água está na substituição da celulose, usada na fabricação dos papéis tradicionais, por hidroxiapatita, um mineral formado por fosfato de cálcio.

Quando o mineral é tratado com oleato de sódio, sua estrutura cristalina se rearranja, dando origem a nanofios muito longos.

"Durante a filtração a vácuo, os nanofios ultralongos de hidroxiapatita se unem espontaneamente em microfibras rugosas, evitando o tedioso processo de fabricação para construir a estrutura hierárquica; as microfibras auto-rugosas ainda dão ao papel inorgânico uma estrutura em camadas parecida com a da madrepérola," descreveu a equipe.

Papel à prova de água e de fogo
Em lugar das fibras de celulose, a trama do papel é formada por nanofios de hidroxiapatita. A rugosidade dos nanofios dá a hidrofobicidade ao material. [Imagem: Fei-Fei Chen et al. - 10.1021/acsami.6b12838]

Preservação de documentos

Um papel tão resistente pode, por exemplo, ajudar a preservar documentos importantes durante tragédias naturais.

"O papel também será útil para preservar documentos importantes por séculos, porque nós não precisaremos nos preocupar se ele será destruído pelo fogo ou água,", disse Zhu. "Acreditamos que haverá diversos tipos de usos, desde a sua utilização para a caligrafia até a aplicação em outdoors."

"Além disso, nós já exploramos as aplicações potenciais do papel inorgânico super-hidrofóbico e resistente ao fogo como um absorvente altamente eficaz para a separação de óleo e água, protetor antifogo e papel de escrita," acrescenta a equipe.

Com o papel ultrarresistente devidamente patenteado, equipe espera colocar o produto no mercado nos próximos três anos.

Bibliografia:

Highly Flexible Superhydrophobic and Fire-Resistant Layered Inorganic Paper
Fei-Fei Chen, Ying-Jie Zhu, Zhi-Chao Xiong, Tuan-Wei Sun, Yue-Qin Shen
Applied Materials & Interfaces
Vol.: 8 (50), pp 34715-34724
DOI: 10.1021/acsami.6b12838




Outras notícias sobre:

Mais Temas