Informática

Processador quântico está disponível gratuitamente na internet

Redação do Site Inovação Tecnológica - 18/09/2013

Processador quântico está disponível gratuitamente na internet
O chip quântico fotônico montado sobre uma base, necessária para garantir o alinhamento preciso das fibras ópticas que trazem os fótons individuais para seu interior. [Imagem: University of Bristol]

Você acha que só a NASA e o Google podem ter um computador quântico?

Talvez você não possa ainda comprar um, mas poderá usar um processador quântico como se ele fosse seu, acessando-o através da internet.

A possibilidade está sendo aberta pela equipe do professor Jeremy O'Brien, da Universidade de Bristol, na Inglaterra, através do projeto Qcloud, em uma referência à disponibilização de um processador quântico na nuvem.

Simulador e processador quânticos

Em 2011, a equipe do professor O'Brien criou um chip fotônico quântico multiuso, abrindo caminho para os processadores quânticos programáveis.

Agora eles estão disponibilizando esse processador quântico para qualquer um que queira fazer seus experimentos ou testar seus próprios algoritmos quânticos.

Os interessados poderão acessar o site do projeto Qcloud e começar com um simulador quântico, que dispõe de guias e manuais para ajudar os programadores-físicos de primeira viagem a escovar seus primeiros qubits.

Quando estiverem satisfeitos com os resultados das simulações, poderão fazer um cadastro no site e submeter seus programas para que estes rodem no processador quântico fotônico real.

"Esta tecnologia está nos ajudando a acelerar nossa pesquisa e nos permitindo fazer coisas que nunca imaginamos ser possível. É incrivelmente emocionante pensar o que pode ser alcançado tornando tudo mais amplamente acessível, não só para as mentes mais brilhantes que já trabalham em pesquisa, mas também para a próxima geração," disse o professor O'Brien.

De fato, este processador quântico fotônico foi apenas o primeiro experimento de sucesso da equipe, servindo de base para que eles construíssem versões mais aprimoradas, com seis e oito qubits.

Nuvem quântica

A versão do processador quântico que será disponibilizada pela internet é a mais estável, com apenas dois qubits.

Mas não ache que é pouco, já que qubits podem assumir múltiplos estados - valores 0 e 1, por exemplo - ao mesmo tempo.

Os cálculos são executados manipulando o estado de cada qubit.

Teoricamente, a natureza quântica dos qubits significa que eles calculam todas as respostas para um problema matemático simultaneamente, e vários algoritmos podem ajudar o processador a indicar qual das soluções que os qubits apresentam é a resposta correta.

Isso pode resultar em cálculos complexos realizados exponencialmente mais rápido do que em um computador clássico.

O endereço do Qcloud é http://cnotmz.appspot.com/.

O processador quântico real estará disponível a partir do dia 20 de Setembro.

Outras notícias sobre:

Mais Temas