Plantão

Quatro novos elementos são adicionados à Tabela Periódica

Quatro novos elementos são adicionados à Tabela Periódica
[Imagem: IUPAC]

Unun

A Tabela Periódica ganhou quatro novos elementos químicos, conforme anúncio da União Internacional de Química Pura e Aplicada (IUPAC).

Os elementos de números atômicos 113, 115, 117 e 118 vão completar a sétima linha da tabela. Desde 1940, 26 novos elementos acima do urânio foram adicionados à Tabela Periódica.

Por enquanto eles são conhecidos como unúntrio (Uut, ou elemento 113), unumpêntio (Uup, ou elemento 115), ununséptio (Uus, ou elemento 117) e ununóctio (Uuo, ou elemento 118).

Mas deverão ganhar nomes e símbolos permanentes brevemente. Seus descobridores deverão batizá-los nos próximos meses com um nome mitológico, de um mineral, um lugar ou país, uma propriedade ou mesmo o nome de um cientista.

Os nomes e símbolos de duas letras serão apresentados para análise do público por cinco meses, quando então o Conselho Superior da IUPAC deverá tomar uma decisão final sobre os nomes.

Descoberta de novos elementos

O elemento 113 foi descoberto por um grupo do Instituto Riken, do Japão. Já os 115 e 117 foram descobertos por uma colaboração entre o Instituto Unido de Pesquisa Nuclear em Dubna, Rússia, Laboratório Nacional Lawrence Livermore e Laboratório Nacional Oak Ridge, nos EUA.

Os dois primeiros laboratórios foram também responsáveis pelo descobrimento do 118. Esses grupos serão responsáveis pelas sugestões dos nomes.

Em 2009, por exemplo, o elemento químico 112 foi batizado como Copernício, em homenagem ao astrônomo polonês Nicolau Copérnico (1473-1543), e com o símbolo Cn.

Instáveis

Os quatro novos elementos não são encontrados na natureza, tendo sido criados em laboratório.

Sendo altamente radioativos, eles só se mantêm estáveis por alguns segundos ou até mesmo por um mero milissegundo.

Essa característica dificulta seu estudo e, por isso, ainda não se sabe se e como eles poderiam ser usados na prática.





Outras notícias sobre:

Mais Temas