Informática

Desenvolvido um simulador do sistema nervoso humano

Desenvolvido um simulador do sistema nervoso humano
Outra grande vantagem do novo simulador neuronal é que ele foi disponibilizado como software livre, podendo ser baixado gratuitamente pela internet.[Imagem: Sensopac]

Pesquisadores da Universidade de Granada, na Espanha, desenvolveram um simulador que, segundo eles, permite reproduzir qualquer parte do sistema nervoso do corpo humano, como a retina, o cerebelo, os centros de audição ou os centros nervosos.

Medicamentos e máquinas inteligentes

O simulador, chamado EDLUT ("Event driven look up table based simulator"), permitirá que os cientistas analisem e compreendam as funções dos centros nervosos do corpo humano, pesquisem novas patologias e até mesmo testem novos medicamentos.

O programa também deverá ser útil para o desenvolvimento de melhores robôs e máquinas inteligentes inspiradas no funcionamento das diversas partes do sistema nervoso humano.

O simulador do sistema nervoso permite a simulação de milhares de neurônios simultaneamente. Os melhores programas disponíveis até agora não passam de algumas dezenas.

Neurônios compilados

A incorporação de um grande número de neurônios foi possível porque o novo programa usa uma arquitetura parecida com o funcionamento dos programas de computador.

Na primeira passagem, ele "compila" o comportamento de um neurônio, ou de vários tipos de neurônios. A seguir, ele simula os sistemas neuronais de média e grande escala a partir desses modelos pré-compilados.

Outra grande vantagem do novo simulador neuronal é que ele foi disponibilizado como software livre, podendo ser baixado gratuitamente pela internet (http://code.google.com/p/edlut/).

O simulador do sistema nervoso é mais um resultado do Projeto Sensopac, cujos avanços anteriores podem ser vistos em Vem aí o Robo habilis: cérebro artificial já controla mão e braço robóticos e Cerebelo artificial vai permitir aprendizado e interação dos robôs humanóides.





Outras notícias sobre:

Mais Temas