Robótica

Sistema computacional seleciona plantas pela qualidade

Sistema automatizado para seleção de plantas pela qualidade
Um dispositivo eletromecânico recebe a classificação de cada muda feita pelo software e direciona cada uma com um sistema de ar comprimido.[Imagem: MVisia/Divulgação]

Seleção de plantas pela qualidade

Uma empresa incubada no Cietec, da Universidade de São Paulo (USP), criou um sistema computacional capaz de analisar imagens de mudas de plantas e classificá-las de acordo com seu nível de qualidade.

Hoje essa seleção é feita manualmente por funcionárias, que escolhem intuitivamente as mudas que parecem melhores e que merecem ir para cultivo nas estufas. Mas o sistema de visão artificial obtém um índice de acerto significativamente superior.

"A partir das fotos das mudas, nosso sistema identifica um conjunto de parâmetros que possibilita classificá-las com até 80% de acerto", disse o engenheiro Luiz Lamardo Silva, sócio fundador da MVisia, atualmente incubada no Centro de Inovação, Empreendedorismo e Tecnologia (Cietec).

O sistema já está sendo utilizado para classificar mudas de plantas ornamentais, mas pode ser configurado para reconhecer outros tipos de plantas. "O produtor ficou bastante satisfeito com o resultado alcançado. A taxa de acerto de 80% foi um salto de qualidade em seu sistema operacional", disse Luiz.

Classificação automatizada de plantas

Para alcançar esse patamar, os engenheiros usaram como referência um conjunto de 300 mudas, classificadas por um especialista em quatro subconjuntos de 75 unidades.

Cada muda foi fotografada duas vezes e, das 600 imagens resultantes, técnicas computacionais permitiram extrair 26 parâmetros definidores de qualidade. Uma filtragem para a remoção de atributos irrelevantes ou redundantes reduziu o número de parâmetros para 11. E, com base neles, foi construído o software final.

A pesquisa mostrou que é viável realizar a classificação de plantas por meio de técnicas de visão computacional e inteligência artificial. E a comparação de diferentes técnicas permitiu encontrar e combinar aquelas mais adequadas para a tarefa.

A equipe está trabalhando agora na adaptação do sistema para a seleção de mudas de eucalipto.





Outras notícias sobre:

Mais Temas