Energia

Tecidos de luz dão nova cara à iluminação residencial

Tecidos de luz dão nova cara à iluminação residencial
Não há lâmpada dentro dos abajures - é o próprio tecido que se acende. [Imagem: Finlayson]

Tecidos luminosos

Engenheiros finlandeses incorporaram uma tecnologia de iluminação em tecidos.

Baseada em LEDs flexíveis, com durabilidade de até 10.000 horas, os "tecidos de luz" prometem dar nova flexibilidade aos projetos de iluminação residencial.

A tecnologia foi desenvolvida por Thomas Welander, Vertti Sarimaa e Jaakko Nikkola, da Universidade Aalto, e agora está sendo bancada pela Finlayson, a maior fabricante de tecidos da Finlândia.

Embora tenha havido grande esforço rumo à chamada eletrônica de vestir, por meio dos e-tecidos, ou tecidos eletrônicos, as estampas luminosas estão entre os primeiros produtos a chegar ao mercado - as primeiras peças já estão em estágio de pré-venda.

Tecidos de luz dão nova cara à iluminação residencial
Não há lâmpada dentro dos abajures - é o próprio tecido que se acende. [Imagem: Finlayson]

Tecidos com LEDs

A grande vantagem da incorporação dos LEDs no próprio processo de fabricação dos tecidos é que o conjunto fica totalmente flexível e pode ser enviado às lojas na forma de rolos ou em produtos que saem desmontados da fábrica, como abajures e luminárias.

"Por ser leve e plana quando desmontada, a lâmpada pode ser facilmente despachada dentro de um envelope para qualquer lugar do mundo. Uma lâmpada não tem que se parecer com uma lâmpada quando o projeto atende melhor ao seu objetivo," disse Jukka Kurttila, da Finlayson.





Outras notícias sobre:

Mais Temas