Mecânica

Sistema de transporte terrestre ultrarrápido é open-source

Trem pneumático de alta velocidade é <i>open-source</i>
[Imagem: Teslamotors]

Tubo a jato

O fundador da SpaceX e da Tesla Motors, Elon Musk, finalmente anunciou os detalhes de sua longamente esperada "revolução nos transportes", depois de meses de especulações e rumores.

Apesar das novidades e desafios tecnológicos, o que mais chamou a atenção é que o milionário liberou todo o projeto no formato open-source.

Batizado de Hyperloop, o "tubo a jato" foi projetado, segundo Musk, para se tornar o "quinto meio de transporte", depois de aviões, trens, barcos e carros.

O sistema lembra em tudo o mecanismo de transporte de pequenas cargas no interior de edifícios, onde as cargas chispam de um andar para o outro no interior de dutos, empurradas pneumaticamente - esse sistema é muito comum no Japão e no Reino Unido, que conta com redes de dutos de carga que cobrem partes inteiras de cidades.

A diferença é que o Hyperloop é maior e está sendo projetado para levar também pessoas.

Trem pneumático de alta velocidade é <i>open-source</i>
[Imagem: Teslamotors]

Vagão sobre esquis

Os passageiros e suas bagagens vão viajar no interior de minivagões independentes que se moverão no interior de tubos sob baixa pressão, atingindo velocidades de cerca de 1.200 quilômetros por hora.

A ideia básica é um sistema híbrido - meio monotrilho, meio pneumático -, onde vagões circulares apoiados em esquis deslizam no interior de um tubo no interior do qual a pressão é mantida abaixo da pressão atmosférica.

Um motor de indução linear, semelhante aos utilizados em montanhas-russas, acelera o vagão até sua velocidade de cruzeiro. Outros motores de indução colocados ao longo do trajeto dão impulsos adicionais, mantendo a velocidade quase constante durante a maior parte da viagem.

O ar no interior do tubo fica a um milésimo da pressão atmosférica.

Mesmo nessa baixa pressão, um acúmulo de ar na parte da frente do vagão aumentaria o arrasto. Para evitar isso, um exaustor na frente do vagão suga o ar, pressurizando-o e enviando-o para a cabine frontal, e daí para fora através de pequenos orifícios nos esquis.

Isto permite que o vagão deslize através do tubo sobre uma almofada de ar.

Trem pneumático de alta velocidade é <i>open-source</i>
Os custos operacionais baixos são devidos em parte à utilização da energia solar, captada por painéis colocados na parte superior dos tubos. [Imagem: Teslamotors]

Trem livre

A maior surpresa veio quando Musk anunciou que estava divulgando os planos como um projeto open-source, transformando o Hyperloop no maior projeto do hardware livre disponível até hoje.

Ele afirmou que não tem tempo para se dedicar ao projeto no momento, mas disse que está tentado a fazer um protótipo de demonstração.

Segundo o investidor, um sistema Hyperloop unindo as cidades de Los Angeles a São Francisco custaria apenas US$ 7,5 bilhões, cerca de um décimo do custo do trem de alta velocidade atualmente planejado entre as duas cidades.

Ele também estima que uma passagem para uma viagem pelos 610 quilômetros do trajeto poderia custar US$20, cerca de metade do preço da passagem do futuro trem de alta velocidade.

Os custos operacionais baixos são devidos em parte à utilização da energia solar, captada por painéis colocados na parte superior dos tubos.

O projeto open-source do Hyperloop pode ser baixado gratuitamente pelos interessados.





Outras notícias sobre:

Mais Temas