Informática

Usuários ignoram até 90% das mensagens de segurança

"Agora não"

Programadores, prestem atenção: se vocês querem que os usuários levem em consideração os avisos de segurança dos seus programas, é necessário fazer esses avisos aparecerem nos momentos corretos.

Esta é a conclusão de um estudo realizado por engenheiros do Google Chrome em colaboração com especialistas em desenvolvimento e segurança da informação da Universidade Brigham Young, nos EUA.

Mensagens de erro e alertas de segurança que aparecem seguindo apenas o fluxo do programa - enquanto as pessoas estão digitando, assistindo a um vídeo, fazendo upload de arquivos etc. - são simplesmente ignoradas em até 90% das vezes.

Monotarefas

A equipe constatou que mensagens mostradas quando os usuários estão ocupados são menos eficazes devido à "interferência da dupla tarefa", o que eles acreditam ser uma limitação neural onde até tarefas simples não podem ser executadas simultaneamente sem perda significativa de desempenho - ou seja, parece que os humanos não são bons em multitarefa.

Por exemplo, 74% das pessoas no estudo ignoraram as mensagens de segurança que surgiram quando elas estavam para fechar uma página web. Outros 79% ignoraram as mensagens quando estavam assistindo a um vídeo. E 87% desconsideraram as mensagens de segurança enquanto estavam transferindo informações - neste caso, um código de confirmação.

Parte do estudo envolveu usar um equipamento de ressonância magnética funcional para ver o que acontecia no cérebro dos voluntários conforme eles completavam as tarefas no computador. Os exames mostraram que a atividade neuronal é substancialmente reduzida quando as mensagens de segurança interrompem uma tarefa, em comparação com quando um usuário respondia à própria mensagem de segurança.

Como chamar a atenção do usuário

A boa notícia é que resolver o problema é uma questão de ajustar o momento em que as mensagens de segurança são mostradas.

"Esperar para exibir um aviso até quando as pessoas não estiverem ocupadas fazendo alguma outra coisa aumenta o seu comportamento de segurança de forma substancial," disse o pesquisador Jeff Jenkins.

As pessoas prestaram mais atenção às mensagens de segurança quando essas mensagens apareceram:

  • Após assistir a um vídeo.
  • Enquanto esperavam uma página carregar.
  • Após interagir com um site.

Bibliografia:

More Harm Than Good? How Messages That Interrupt Can Make Us Vulnerable
Jeffrey L. Jenkins, Bonnie Brinton Anderson, Anthony Vance, C. Brock Kirwan, David Eargle
Information Systems Research
DOI: 10.1287/isre.2016.0644




Outras notícias sobre:

Mais Temas