Mecânica

Co-piloto automático auxilia motoristas em situação de risco

Co-piloto automático auxilia motoristas em situação de risco

Um consórcio de 10 parceiros japoneses, envolvendo indústria, governo e universidades, acaba de apresentar um novo sistema inteligente que auxilia o motorista a dirigir.

O novo sistema foi desenvolvido a partir de uma preocupação com o rápido envelhecimento sua população japonesa. Um sistema eletrônico que possa garantir não apenas a independência dos idosos, mas também a sua própria segurança e dos demais cidadãos, poderá representar um alívio considerável para o sistema de previdência e de saúde.

O novo sistema de auxílio ao motorista, que levou três anos para ser desenvolvido é composto de um sistema de sensoriamento e de uma interface gráfica, não exigindo infraestrutura dedicada.

Inicialmente, os pesquisadores coletaram um volume gigantesco de dados a respeito dos padrões de comportamento dos motoristas japoneses em ambiente real, tanto urbano, quanto em rodovias. Essa base de dados de comportamentos no trânsito está também sendo disponibilizada para a indústria automobilística, que poderá utilizá-la no projeto de futuros carros.

O sistema eletrônico utiliza diversos sensores para detectar o comportamento do motorista, comparando continuamente as informações coletadas com o padrão normal de direção, que foi estabelecido a partir da base de dados comportamental.

O sistema funciona com base no conceito de que o risco aumenta sempre que uma situação real se afasta do padrão normal de direção. Ao detectar um comportamento anormal, como, por exemplo, a aproximação de um semáforo em velocidade acima do normal, ou com um acionamento insuficiente dos freios, o sistema emite um alerta sonoro ao motorista, que pode então tomar a ação necessária.





Outras notícias sobre:

Mais Temas