Plantão

Aurora de aparência sinistra sobre a Islândia

Aurora de aparência sinistra sobre a Islândia
Esta aurora ainda é mais impressionante porque a foto foi rápida - 3 segundos de exposição - e sem o uso de filtros. [Imagem: Davide Necchi]

Aurora assustadora

Esta imagem estranha mostra uma visão surpreendente e até um pouco intimidante de uma aurora boreal.

Traços irregulares em um emaranhado em tons de verde com manchas brancas brilhantes criam uma laçada em espiral, de certa forma lembrando uma serpente celestial se contorcendo no céu, pairando ameaçadoramente sobre a sonolenta cidade abaixo.

Ela foi fotografada em uma cidade no sul da Islândia, chamada Selfoss, às margens do Rio Olfusá (visível em primeiro plano).

Esta aurora em particular esteve relacionada com uma tempestade solar, o que causou uma enxurrada de partículas sobre nossa atmosfera. Como resultado, as luzes estavam intensa e excepcionalmente brilhantes, aparecendo de repente no céu noturno.

Na verdade, a aurora era tão brilhante que pode ser captada em um tempo de exposição bastante curto para esses eventos, de apenas 3 segundos - nenhum filtro foi usado na fotografia e não houve pós-produção.

Auroras

As auroras são frequentemente chamadas de "luzes do norte", mas elas também ocorrem regularmente em altas latitudes do sul.

As luzes do norte são as auroras boreais, que podem ser vistas principalmente no norte do Canadá, Alasca, Escandinávia e Islândia. Já as luzes do sul, as auroras austrais, podem ser vistas de regiões bem ao sul da Austrália e da Nova Zelândia e da América do Sul, além da Antártica.

O efeito é observado apenas em latitudes polares e quase-polares porque as partículas carregadas viajam em direção à Terra ao longo das linhas do campo magnético que se reúnem nos pólos do nosso planeta. Elas são as manifestações mais visíveis do efeito do Sol sobre a Terra.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas