Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Energia

Célula a combustível contenta-se com platina de um catalisador de carro

Redação do Site Inovação Tecnológica - 01/06/2017

Célula a combustível pode usar 10 vezes menos platina
O nanocatalisador mostrou-se 10 vezes mais efetivo do que os catalisadores de platina pura usados hoje nas células a combustível.
[Imagem: Mia Halleröd Palmgren]

Energia limpa

As células a combustível - usando hidrogênio para produzir eletricidade diretamente e liberando apenas água como resíduo - têm tudo para se tornarem a fonte de energia do futuro.

Mas ainda há alguns desafios a vencer, entre eles a necessidade de um catalisador para a reação - o catalisador mais usado é a platina, um dos metais mais caros do mundo.

É por que isso que há razões para comemorar os resultados de uma técnica desenvolvida por Niklas Lindahl e seus colegas das universidades Chalmers (Suécia) e Técnica da Dinamarca.

Lindahl desenvolveu um nanocatalisador que otimiza o uso da platina, reduzindo drasticamente a quantidade necessária do metal.

"Com o nosso método, é necessário apenas um décimo da platina necessária para as aplicações mais exigentes. Isso pode reduzir a quantidade de platina necessária para uma célula a combustível em cerca de 70%," afirma o pesquisador.

Célula a combustível pode usar 10 vezes menos platina
A nanoliga é formada pulverizando átomos de platina (cinza) e ítrio (azul) em uma câmara de vácuo.
[Imagem: Niklas Lindahl /Chalmers University of Technology]

Esperança

Se os testes que deverão se seguir mostrarem que é possível manter o nível de eficiência da célula a combustível com o nanocatalisador, isso significará que cada célula usará a mesma quantidade de platina que um conversor catalítico usado em todos os automóveis - será necessário alterar ligeiramente a arquitetura das células a combustível para que eles usem o novo nanocatalisador.

"Esperamos que isso permita que as células a combustível substituam os combustíveis fósseis e também sejam um complemento para os carros movidos a bateria," disse o professor Björn Wickman.

Bibliografia:

Artigo: High Specific and Mass Activity for the Oxygen Reduction Reaction for Thin Film Catalysts of Sputtered Pt3Y
Autores: Niklas Lindahl, Eleonora Zamburlini, Ligang Feng, Henrik Grönbeck, Maria Escudero-Escribano, Ifan E. L. Stephens, Ib Chorkendorff, Christoph Langhammer, Björn Wickman
Revista: Advanced Materials Interfaces
DOI: 10.1002/admi.201700311






Outras notícias sobre:
  • Células a Combustível
  • Catalisadores
  • Metais e Ligas
  • Nanopartículas

Mais tópicos