Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Informática

Internet 60 vezes mais rápida, graças a novo circuito integrado fotônico

Redação do Site Inovação Tecnológica - 16/07/2008

Internet 60 vezes mais rápida, graças a novo circuito integrado fotônico

"Este é um componente crítico e um avanço fundamental no que já está aí. Nós estamos falando sobre redes que são potencialmente até 100 vezes mais rápidas sem nenhum custo adicional para o consumidor," comemora o pesquisador Ben Eggleton.

Circuito Integrado Fotônico

O componente crítico ao qual ele se refere é um circuito integrado fotônico. Agora que está pronto, o componente baseado na luz parece ser incrivelmente simples, pouco mais do que um pedaço de vidro cheio de riscos paralelos.

O circuito integrado fotônico utiliza os pequenos sulcos como rotas paralelas para a luz que transporta as informações através das fibras ópticas. Cada sulco funciona como se fossem trilhos para uma série de locomotivas, com a diferença que um trem consegue mover-se de um trilho para outro em um picossegundo.

"Isto significa que, em um segundo, a chave estará sendo ligada e desligada um milhão de milhão de vezes. Nós estamos falando sobre uma tecnologia fotônica que tem capacidade para um terabit por segundo de capacidade," diz Eggleton.

Internet 60 vezes mais rápida

As demonstrações iniciais comprovaram que é possível alcançar velocidades sustentadas de transferência de dados 60 vezes maiores do que as alcançadas pelos atuais backbones da Internet.

Como esta é a primeira versão do circuito integrado fotônico, os pesquisadores acreditam que conseguirão atingir velocidades ainda maiores.







Outras notícias sobre:
  • Fotônica
  • Transmissão de Dados
  • Raios Laser
  • Processadores

Mais tópicos