Nanotecnologia

Laser insere gene em células individuais

Laser insere gene em células individuais
"O que é mais fantástico é que tudo isso acontece em uma única célula." [Imagem: Gwangju Institute of Science and Technology]

Transfecção

Você certamente já ouviu falar de terapia genética, engenharia genética, animais e plantas geneticamente modificados e etc.

Mas você já parou para pensar como é que os pesquisadores manipulam os genes?

O termo técnico para a inserção de um gene exógeno em uma célula é transfecção.

Há muitos métodos para realizar a transfecção, mas todos tendem a ser complicados e destrutivos, não permitindo um controle preciso sobre a inserção do DNA, obrigando os pesquisadores a destruir um grande número das células até finalmente acertar em uma.

Na prática, o que eles fazem é trabalhar com aglomerados de células, selecionando estatisticamente aquelas que devem ter recebido o gene.

Transfecção óptica

Agora, Muhammad Waleed e seus colegas do Instituto de Ciência e Tecnologia de Gwangju, na Coreia do Sul, usaram luz para criar a técnica mais precisa para inserir DNA nas células disponível até agora.

A técnica consiste em usar um laser pulsado para criar nanofuros muito precisos na superfície de uma célula, e, em seguida, enfiar suavemente um pedaço de DNA através do furo usando "pinças ópticas", manipuladores de luz gerados pelo campo eletromagnético de outro laser.

A partícula de DNA é colocada sobre a célula, funcionando como guia para o disparo do primeiro laser, que faz o furo bem ao seu lado. A seguir, as pinças ópticas capturam a partícula e enfiam-no pelo furo.

"O que é mais fantástico é que tudo isso acontece em uma única célula," comenta o professor Yong-Gu Lee, orientador do estudo. "Até hoje, a transfecção de genes vem sendo realizada em uma grande quantidade de aglomerados de células, e o resultado é calculado como uma média estatística, sem observações em células individuais."

Segundo o pesquisador, com a técnica de transfecção óptica, "você pode colocar um gene em uma célula, outro gene numa outra célula, e nenhum gene em uma terceira. Então você pode estudar exatamente como [esse gene] funciona."

Bibliografia:

Single-cell optoporation and transfection using femtosecond laser and optical tweezers
Muhammad Waleed, Sun-Uk Hwang, Jung-Dae Kim, Irfan Shabbir, Sang-Mo Shin, Yong-Gu Lee
Biomedical Optics Express
Vol.: 4, Issue 9, pp. 1533-1547
DOI: 10.1364/BOE.4.001533




Outras notícias sobre:

    Mais Temas