Mecânica

Empresa desenvolve misto de dirigível, avião e helicóptero

BBC - 05/01/2011

Aeronave híbrida

Uma aeronave que está sendo desenvolvida na Grã-Bretanha foi negociada por US$ 500 milhões com as Forças Armadas dos Estados Unidos.

A aeronave parece um dirigível, mas é na verdade uma mistura de dirigível, avião, helicóptero e hovercraft (ou aerodeslizador). Seu interior é preenchido com gás hélio.

Por enquanto, a empresa Hybrid Air Vehicles, que desenvolve a aeronave, realiza testes com um protótipo de 15 metros de comprimento.

O modelo final, no entanto, deverá ter 300 metros de comprimento e será capaz de carregar até mil toneladas.

Finalidades nobres

Dirigíveis são mais leves que o ar, o que exige uma numerosa equipe em terra para pousá-lo. Mas o veículo híbrido projetado não precisaria de ninguém.

O piloto Dave Burns diz que a aeronave pode ser conduzida por alguém a quilômetros de distância.

Como o veículo é capaz de voar por até três semanas seguidas, pode ser útil para monitorar regiões.

Mas, segundo a Hybrid Air Vehicles, não são só os militares que estão interessados.

O empresário Gordon Taylor diz que tem negociado com empresas de petróleo, mineradoras e agências de ajuda humanitária.

Ele afirma que o veículo é ideal para transportar suprimentos para vítimas de desastres naturais.

A primeira aeronave do tipo deve começar a operar em seis meses.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas