Plantão

NASA anuncia missão para procurar vida em lua de Júpiter

NASA anuncia missão para procurar vida em lua de Júpiter
A NASA já analisou várias missões para o sistema de Júpiter e suas luas. [Imagem: NASA/JPL]

Orçamento para a ideia

A NASA, anunciou planos de enviar uma sonda robótica a Europa, a lua de Júpiter, vista como um dos locais vizinhos mais promissores para a existência de vida fora da Terra.

Europa é coberta de gelo, e acredita-se haver um grande oceano de água líquida sob essa camada de gelo.

No ano passado, astrônomos anunciaram ter encontrado vapor de água saindo de Europa, aumentando o interesse e as chances de encontrar algum tipo de vida na lua.

O anúncio veio na forma de uma referência curta e rápida feita pelo administrador da agência, Charles Bolden, durante a apresentação da proposta de orçamento da NASA para 2015.

"[O orçamento] inclui verbas para missões a Marte e a formulação de um projeto para uma missão para a lua de Júpiter, Europa", disse Bolden.

São apenas US$ 15 milhões para iniciar o projeto, o que é suficiente para analisar as diversas propostas já feitas para a missão, que não deverá ir ao espaço antes de 2020.

Resta saber se os orçamentos futuros garantirão recursos para uma missão desse porte: enviar um robô a Júpiter sairá muito mais caro do que enviar um robô a Marte.

Candidatos

A NASA já analisou várias missões para o sistema de Júpiter e suas luas, incluindo missões para visitar simultaneamente várias luas, missões específicas para Europa e missões específicas para Encélado, outra lua de Júpiter de grande interesse para busca de vida.

A principal candidata no páreo é uma sonda robótica ainda sem nome, que deverá pousar em Europa e tentar perfurar sua camada superficial de gelo.

Outra candidata é a Europa Clipper, que não teria um módulo de pouso, mas faria vários sobrevoos rasantes em Europa, em altitudes variando de 2.700 a meros 25 quilômetros.

No caso de uma colaboração com a agência espacial europeia (ESA), as duas agências já estudaram a fundo a missão Europa Jupiter System Mission, que estudaria as luas Europa, Ganimede e Callisto. A NASA construiria uma sonda, chamada Europa, e a ESA construiria a sonda Ganimede, sendo ambas enviadas separadamente.

A ESA está trabalhando também na missão JUICE (Jupiter Icy moons Explorer: explorador da luas geladas de Júpiter), que deverá estudar várias luas e Júpiter, mas não possui um módulo de pouso.

Desafios

Serão necessários ainda vários anos até que se defina a missão e a sonda seja construída.

Embora haja muitos desafios técnicos, incluindo a forte radiação em torno de Júpiter, o maior teste de sobrevivência da ideia de procurar sinais de vida em Europa será o teste do orçamento, que precisará vencer vários governos.

Depois do lançamento, será necessário ainda uma dose paciência até que a sonda chegue a Júpiter - a Galileo, lançada em 1989, levou seis anos para chegar até lá.

Além da missão a Europa, Charles Bolden afirmou que o orçamento contempla todas as necessidades para manter "a mesma rota firme que vimos seguindo para enviar humanos a Marte em 2030".





Outras notícias sobre:

    Mais Temas