Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

Bóson de Higgs visto decaindo em matéria pela primeira vez

Redação do Site Inovação Tecnológica - 24/06/2014

Partícula de Higgs é associada à matéria pela primeira vez
Visão lateral do detector CMS (Compact Muon Solenoid). Os outros grandes detectores do LHC são ALICE (A Large Ion Collider Experiment), LHCb (LHC Beauty) e ATLAS (A Toroidal LHC Apparatus).
[Imagem: CERN]

Higgs associado à matéria

Físicos que trabalham no LHC flagraram pela primeira vez a partícula de Higgs decaindo diretamente em partículas que compõem a matéria - os chamados férmions.

Até agora, a inicialmente controversa partícula tinha sido observada decaindo apenas em partículas que carreiam força - os chamados bósons.

Apesar de a descoberta da partícula ter rendido o Prêmio Nobel de Física de 2013, até agora os físicos assumiam que a partícula descoberta no LHC era "um" bóson de Higgs.

Os novos resultados ampliam a confiança em que a partícula realmente apresenta o comportamento que a teoria prevê para o Bóson de Higgs "clássico", que deve ser o responsável por dar massa a todas as partículas.

Um porta-voz do CERN, a instituição que dirige o LHC, chamou os resultados de "a descoberta mais importante envolvendo o Higgs desde que a própria partícula foi descoberta em julho de 2012".

Força e matéria

As partículas são classificadas em duas classes: os bósons, que transmitem forças, e os férmions, que compõem a matéria.

A partícula de Higgs tinha sido observada decaindo diretamente apenas em outros bósons, ou seja, em portadores da força eletromagnética - fótons - e portadores da força fraca (partículas Z e W).

Agora o detector de partículas CMS - um dos quatro grandes detectores do LHC - flagrou a partícula de Higgs decaindo em férmions - ou em dois léptons tau, primos mais pesados do elétron, ou em dois quarks bottom, primos musculosos dos quarks up e down, que compõem os prótons e os nêutrons.

Estes novos dados sugerem que a partícula encontrada pelo LHC é de fato o bóson de Higgs, a chave para a explicação de como todas as partículas fundamentais obtêm sua massa - sem ele, só há forças, e não há outra explicação para a "materialidade".

Bibliografia:

Artigo: Evidence for the direct decay of the 125 GeV Higgs boson to fermions
Autores: The CMS Collaboration
Revista: Nature Physics
Vol.: Published online
DOI: 10.1038/nphys3005





Outras notícias sobre:
  • Universo e Cosmologia
  • Magnetismo
  • Spintrônica
  • Computação Quântica

Mais tópicos