Plantão

Quasicristais rendem Prêmio Nobel de Química

Quasicristais rendem Prêmio Nobel de Química
Seção do quasicristal formado pela liga AlNiCo.[Imagem: Deloudi/Steurer]

Quasicristais

Os cristais são formados por estruturas atômicas padronizadas, que se repetem ao infinito.

Nos quasicristais, essa estrutura é aperiódica, como os cristais vislumbrados por Erwin Schrodinger, em sua famosa tentativa de explicar o que é a vida.

Foi a descoberta desses quasicristais, um rico mosaico de átomos, com estruturas que nunca se repetem, que rendeu o Prêmio Nobel de Química ao cientista israelense Dan Shechtman.

Como essa estrutura era considerada impossível pelo saber da época, Shechtman foi ridicularizado, teve seu trabalho recusado pelas revistas científicas e foi expulso de seu grupo de pesquisa.

Não, isso não foi na Idade Média, aconteceu na Universidade de Haifa, em Israel, em Abril de 1982.

Shechtman não desanimou e acabou convencendo outros cientistas da área de que suas descobertas eram reais. Somente quando esses cientistas viram os dados e aceitaram assinar o artigo científico junto com ele é que seu trabalho foi publicado.

Agora, quase trinta anos depois, ele recebeu o Prêmio Nobel de Química 2011 pela sua descoberta.

Cristais aperiódicos

Os mosaicos aperiódicos descobertos por Shechtman nos então "impossíveis" quasicristais são regulares - eles seguem as regras matemáticas - mas nunca se repetem.

Eles seguem a chamada proporção áurea, ou proporção divina, usada na arte e presente em muitos outros lugares na natureza, como nas conchas dos moluscos, nas colmeias das abelhas e no ser humano.

Os quasicristais já têm várias aplicações tecnológicas, incluindo novas formas de sinterização do aço, que o tornam extremamente duro, e peças que dispensam a lubrificação:

Um aço inoxidável nanoestruturado, fabricado graças ao conhecimento dos quasicristais, está sendo usado para fabricação de uma cadeira de rodas radical.

É interessante que a tenacidade e a capacidade de superar obstáculos de Shechtman estejam se traduzindo em aplicações de aumento de resistência dos metais e redução dos seus pontos de atrito.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas