Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Informática

Qutrit torna computador quântico exponencialmente mais rápido

Redação do Site Inovação Tecnológica - 08/07/2019

Qutrit é exponencialmente melhor do que qubit
Este chip com bits supercondutores mostrou que é possível ter bits quânticos com até cinco dados diferentes.
[Imagem: Erik Lucero]

Bits com múltiplos dados

Nos últimos anos, vários grupos de físicos vêm demonstrando que os qudits são melhores que os qubits para conter os dados dos computadores quânticos.

Qudit é uma referência genérica a um bit quântico de "d" dimensões, onde o termo dimensões refere-se aos múltiplos dados que podem ser guardados numa única célula de memória quântica.

Nas demonstrações anteriores, as vantagens dos qudits em relação aos qubits vinham resultando apenas em ganhos por fatores constantes.

Pranav Gokhale e seus colegas da Universidade de Chicago, nos EUA, usaram um qutrit - um qudit com três níveis de energia - para demonstrar que ir além dos tradicionais qubits resulta em ganhos logarítmicos, aumentando ainda mais o poder computacional esperado dos computadores quânticos.

Além do binário

O trabalho se enquadra no contexto de uma busca de equilíbrio comum na ciência da computação: Os programas podem ser acelerados usando mais memória ou, alternativamente, os programas podem reduzir requisitos de memória incorrendo em tempos de execução mais longos.

Mas, no contexto da computação quântica, com fortes limitações de memória e tempos de execução, nenhuma dessas compensações é aceitável.

Felizmente, os dados em um computador quântico pertencem a um espectro infinito, de modo que o qubit é meramente uma "escolha" de usar somente dois estados do sistema quântico que representa o bit. "Embora a lógica binária faça sentido para a física liga-desliga subjacente aos computadores convencionais, o hardware quântico não é inerentemente binário," reforça Gokhale.

Qutrit é exponencialmente melhor do que qubit
Os ganhos foram avaliados com dois tipos de hardware quântico já em desenvolvimento.
[Imagem: Pranav Gokhale et al. (2019)]

Qutrits

De fato, ao usar três estados - via qutrits - uma das operações fundamentais na computação quântica é exponencialmente mais rápida, sem a necessidade de memória adicional. A equipe verificou sua descoberta com simulações executadas sob condições de ruído realistas.

A seguir, eles ajustaram seus algoritmos quânticos baseados em qutrits usando trabalhos já realizados por outras equipes com bits quânticos supercondutores e iônicos, duas das versões preferidas das equipes trabalhando com hardware quântico real.

"Os qutrits vêm com um custo, já que a presença de um estado adicional implica em mais possíveis fontes de erro," disse Gokhale. "No entanto, nossas simulações demonstram que os qutrits têm uma vantagem convincente, com confiabilidade de duas a dez vezes maior do que os algoritmos de apenas qubits para benchmarks de curto prazo".

"Ao adaptar os algoritmos para aproveitar os recursos exclusivos do hardware quântico, percebemos ganhos de eficiência ocultos por trás das barreiras de abstração entre hardware e software. Nesse caso, nossa modelagem de hardware nos levou a revisitar e desafiar a sabedoria convencional de que a operação binária é a melhor para a computação," completou o professor Frederic Chong.

Bibliografia:

Artigo: Asymptotic Improvements to Quantum Circuits via Qutrits
Autores: Pranav Gokhale, Jonathan M. Baker, Casey Duckering, Natalie C. Brown, Kenneth R. Brown, Frederic T. Chong
Revista: arXiv
DOI: 10.1145/3307650.3322253
Link: https://arxiv.org/abs/1905.10481






Outras notícias sobre:
  • Computação Quântica
  • Software e Programação
  • Fotônica
  • Spintrônica

Mais tópicos