Informática

Realidade virtual a domicílio: Mundos virtuais 3D chegam aos celulares

Se mensagens SMS, e-mail, filmes e telas sensíveis ao toque já não satisfazem mais seus desejos quando o assunto são os celulares e outros aparelhos móveis, prepare-se para acessar os mundos virtuais diretamente em seu aparelho de bolso.

Cientistas alemães criaram uma tecnologia que permite que iPhones, iPods, celulares em geral, e toda uma gama de aparelhos portáteis que estão invadindo o mercado, sejam capazes também de apresentar aplicativos 3-D, como os mundos virtuais do Second Life.

Mundos virtuais 3D portáteis

"Como o poder de processamento dos telefones celulares, smart phones e PDAs está aumentando - junto com a expansão na largura de banda de suas transmissões - ocorreu-nos que seria possível utilizar esse poder para criar realidades virtuais 3-D," conta o engenheiro Dan Curticapean, da Universidade de Offenburg. "Então nós projetamos um sistema para otimizar e enviar os dados de realidade virtual para o celular ou outro dispositivo móvel," diz ele.

Contudo, mesmo com o crescente poder dos chips dos aparelhos portáteis mais modernos, a exigência de processamento para a apresentação de mundos virtuais é muito grande. A saída encontrada pelos pesquisadores alemães foi exportar todo o processamento numérico pesado para servidores externos, que devolvem para o aparelho móvel uma stream Avi ou motion JPEG, ou na forma de padrões de dados vetoriais, como VRML e X3D.

Celular com tela 3D

Os mundos virtuais podem ser visualizados na tela do próprio dispositivo móvel ou em telas externas e em projetores de vídeo estereoscópicos, que se conectam ao aparelho móvel por conexão Bluetooth.

Para gerar a visualização estereoscópica na própria tela dos aparelhos móveis pode-se utilizar telas 3-D integradas, sistemas de lentes ou imagens anaglíficas, que podem ser vistas com o auxílio de óculos especiais com lentes de cores diferentes para criar a ilusão de profundidade.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas