Robótica

Robô bebê japonês servirá para estudar cognição

Bebê robô

Um pesquisador da Universidade de Tóquio, no Japão, desenvolveu um bebê robô para compreender melhor como as crianças se desenvolvem.

Batizado de Noby, ele é flexível e tem articulações semelhantes às de humanos.

Ele mede 71 centímetros, pesa pouco menos de oito quilos e se comporta como se tivesse nove meses de idade.

Sensores

O robô tem seiscentos sensores de tato espalhados pela pele sintética, além de duas câmeras para "enxergar" e dois microfones para "escutar" o mundo ao seu redor.

A partir da análise dos dados capturados pelo bebê-robô, os cientistas querem entender melhor como um bebê reage ao ambiente e os processos que levam ao desenvolvimento da curiosidade sobre novos objetos.

Os cientistas decidiram replicar um bebê de nove meses porque, nesta idade, os seres humanos desenvolvem funções cognitivas e movimentos muito rapidamente.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas