Robótica

Robô mole anda sem motor

Robô mole imita seres vivos para andar sem motor
As estruturas de hidrogel podem fazer movimentos complexos e programáveis. [Imagem: Amirali Nojoomi et al. - 10.1038/s41467-018-05569-8]

Estruturas 3D bioinspiradas

A chamada "robótica mole" está-se se aproximando cada vez mais de seu grande objetivo: imitar os seres vivos.

Amirali Nojoomi, da Universidade do Texas em Arlington, nos EUA, criou hidrogéis que executam movimentos complexos e repetitivos, permitindo que as estruturas feitas com o material se movam de forma controlada.

Sem motores e sem quaisquer outros mecanismos internos, os hidrogéis podem ser controlados externamente, por luz ou por diferenças de temperatura, por exemplo. Isso permite que as estruturas sejam programadas para se expandir e contrair de uma forma controlada no espaço e no tempo.

A técnica consiste em utilizar hidrogéis sensíveis à temperatura com diferentes graus e taxas de expansão e encolhimento. Usando uma impressora 3D, a estrutura é programada espacialmente para responder à mudança de temperatura, o que significa programar seus movimentos e suas reações a cada local.

Robô mole imita seres vivos para andar sem motor
Os movimentos podem ser controlados no tempo e no espaço. [Imagem: Amirali Nojoomi et al. - 10.1038/s41467-018-05569-8]

As aplicações potenciais para a tecnologia incluem a robótica mole bioinspirada, músculos artificiais - que são materiais macios que mudam de forma ou se movem em resposta a sinais externos, como os nossos músculos - e matéria programável. O conceito também é aplicável a outros materiais programáveis.

"Nós estudamos como os organismos biológicos usam tecidos moles continuamente deformáveis, como músculos, para criar formas, mudar de forma e mover-se, porque estávamos interessados em usar esse tipo de método para criar estruturas dinâmicas em 3D," disse o professor Kyungsuk Yum.

Robô mole imita seres vivos para andar sem motor
A robótica mole tem a área de saúde como um de seus principais objetivos. [Imagem: Amirali Nojoomi et al. - 10.1038/s41467-018-05569-8]

Robótica e biomimetismo

O biomimetismo é parte central da robótica mole, gerando de materiais programáveis que parecem coisas vivas a materiais sintéticos que morrem.

Os objetivos a longo prazo são justamente aproximar-se dos seres vivos com objetivos terapêuticos, incluindo a criação de implantes controláveis e robôs biocompatíveis para serem implantados no corpo

Bibliografia:

Bioinspired 3D structures with programmable morphologies and motions
Amirali Nojoomi, Hakan Arslan, Kwan Lee, Kyungsuk Yum
Nature Communications
Vol.: 9, Article number: 3705
DOI: 10.1038/s41467-018-05569-8




Outras notícias sobre:

    Mais Temas