Robótica

Robôs cirurgiões agora em versão <i>open-source</i>

Robôs cirurgiões de plataforma aberta (open-source)
Os primeiros seis robôs open-source Raven - aqui são vistos três deles - estão sendo despachados para as universidades parceiras do projeto.[Imagem: University of Washington]

Robôs com código aberto

Cientistas da Universidade de Washington, nos Estados Unidos, estão lançando uma plataforma open-source para robôs cirurgiões.

"Com todo o mundo trabalhando na mesma plataforma open-source nós poderemos compartilhar mais facilmente novos desenvolvimentos e inovações," afirma Blake Hannaford, um dos idealizadores da plataforma.

Várias equipes ao redor do mundo estão desenvolvendo robôs diferentes, estudando abordagens que não são compatíveis entre si e que, pelo alto custo, acabam não tendo um nível de teste suficiente para que entrem em operação.

"Os pesquisadores e as agências de financiamento estão cansadas de robôs 'filhos únicos', eles querem encarar projetos que usem plataformas padronizadas. Este é o rumo que a área [de robôs cirurgiões] está seguindo," defende o engenheiro.

Sistema operacional para robôs

A base de controle dos robôs é o Robot Operating System, um sistema operacional para robôs de código aberto.

Embora se fale em robôs cirurgiões como uma nova classe de robôs, a maioria dos trabalhos na área ainda se limita a criar novos programas de controle para robôs industriais.

"Pesquisadores acadêmicos têm acesso limitado a esses sistemas proprietários," afirma Hannaford. "Nós estamos mudando isto oferecendo um hardware de alta qualidade desenvolvido dentro da universidade.

"Cada laboratório vai começar com um sistema idêntico, totalmente operacional, mas cada um vai mudar o hardware e o software e compartilhar novos desenvolvimentos e novos algoritmos, ao mesmo tempo retendo os direitos de propriedade intelectual de suas próprias inovações," completa o pesquisador.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas