Plantão

Simulação de viagem a Marte começa na Rússia

Viagem espacial simulada

Uma equipe internacional de pesquisadores vai passar 520 dias - o tempo necessário para uma viagem de ida e volta a Marte - trancada em uma cápsula, para simular uma expedição ao Planeta Vermelho.

A simulação Mars500, que começa na quinta-feira em Moscou, na Rússia, não inclui a ausência de gravidade, mas os seis astronautas de Rússia, China, França e Itália vão ficar isolados em uma cabine sem janelas e seguindo uma rotina dura.

O experimento simula uma viagem de 250 dias a Marte, com 30 dias de explorações na superfície e outros 240 dias de viagem de volta.

Enlatados

Durante a simulação, os astronautas vão poder se comunicar com outras pessoas por meio da internet, mas até a conexão será simulada, com atrasos e quedas que provavelmente ocorrerão quando de uma viagem real.

A comida será enlatada, como a que se come na estação espacial internacional. Banhos, só a cada dez dias.

No ano passado, um experimento semelhante foi concluído em Moscou, após seis voluntários permanecerem trancados durante 105 dias - veja Termina simulação de missão a Marte.





Outras notícias sobre:

    Mais Temas