Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Espaço

NASA copia nave soviética para substituir ônibus espaciais

Redação do Site Inovação Tecnológica - 04/07/2011

NASA tenta substituir ônibus espaciais usando projeto soviético
O Dream Chaser nasceu da engenharia reversa de uma nave de testes soviética.
[Imagem: NASA]

Espionagem espacial

Tudo começou no dia 3 de Junho de 1982, quando um avião australiano fotografou um navio soviético recuperando uma espaçonave no Oceano Índico.

Muitas reuniões secretas depois, as imagens foram parar na empresa norte-americana do ramo aeroespacial Sierra Nevada Corp.

Os engenheiros da empresa construíram uma versão em madeira da nave, que hoje sabe-se tratar de um BOR-4, um protótipo de testes das tecnologias do Buran, o ônibus espacial soviético, cujo projeto foi abandonado por ser caro demais.

A NASA chegou a construir um modelo da nave, batizada de HL-20, onde o HL significa Horizontal Lander, indicando que o veículo pousaria em uma pista, como um ônibus espacial.

NASA tenta substituir ônibus espaciais usando projeto soviético
Projeto interno do "táxi espacial", que se destinará ao transporte de astronautas - praticamente sem bagageiro.
[Imagem: NASA]

Engenharia reversa

Agora, a agência espacial norte-americana está repassando US$80 milhões para a Sierra Nevada, para que ela transforme essa história de espionagem em uma nave de verdade, capaz de levar e trazer astronautas da Estação Espacial Internacional.

Rebatizado de Dream Chaser, o veículo poderá ser uma versão tripulada do micro-ônibus espacial não-tripulado, que o governo norte-americano está usando para espionagem.

"Nós levamos muito tempo para descobrir do que se tratava," disse Del Freeman, um dos engenheiros que trabalharam na análise das fotos originais da nave soviética.

"Nós fizemos uma engenharia reversa dela. Finalmente, conseguimos informações suficientes para construir um modelo e o colocamos em um túnel de vento. Quando o testamos, nos demos conta de que tínhamos algo [importante] nas mãos," contou ele.

O projeto soviético passou por testes no túnel de vento e mostrou-se confiável em velocidades desde 0,3 até 4,6 Mach.

Difícil de explicar

"Depois que aposentarmos os ônibus espaciais, passaremos a depender de nossos parceiros internacionais para nos levar e trazer para a Estação Espacial Internacional. Em um futuro não tão distante, nós acreditamos que os Estados Unidos terão a capacidade de levar e trazer astronautas para a Estação, como havíamos vislumbrado mais de 20 anos atrás," discursou Lori Garver, da administração da NASA.

NASA tenta substituir ônibus espaciais usando projeto soviético
O reconhecimento de que a futura nave da NASA é fruto de engenharia reversa dá farta munição para o cada vez maior grupo de críticos da NASA e do programa espacial do presidente Barack Obama.
[Imagem: NASA]

E, se tudo correr bem, farão isto com o fruto de uma espionagem da derrubada União Soviética. Farta munição para o cada vez maior grupo de críticos da NASA e do programa espacial do presidente Barack Obama.

O projeto principal de nave espacial da NASA atualmente é uma "releitura" da nave Apollo, dos anos 1960.

Por outro lado, o país manifestou intenções de fabricar uma nave interestelar dentro de cem anos.

A empresa Sierra Nevada pretende lançar uma versão do Dream Chaser em 2012, ainda não-tripulada, para testar sua capacidade de pouso.







Outras notícias sobre:
  • Exploração Espacial
  • Foguetes
  • Estação Espacial Internacional
  • Sondas Espaciais

Mais tópicos