Logotipo do Site Inovação Tecnológica





Informática

Supercomputador mais rápido do mundo usa processador de videogame

Redação do Site Inovação Tecnológica - 18/06/2008

Supercomputador mais rápido do mundo usa processador de videogame

[Imagem: IBM]

A lista dos 500 maiores supercomputadores do mundo, anunciada agora há pouco na Alemanha, traz na primeira colocação uma marca histórica: o supercomputador IBM Roadrunner é o primeiro a superar a barreira de 1 petaflop.

Papa-léguas

O Roadrunner (que é o nome de um pássaro conhecido no Brasil como papa-léguas) atingiu 1,02 petaflop - 1,02 quatrilhão de cálculos por segundo. Há pouco tempo se acreditava que só uma tecnologia como processadores a laser poderia permitir que se atingisse a barreira dos petaflops (veja Chips a laser poderão viabilizar supercomputadores de classe petaflop).

Processador de videogame

O supercomputador mais rápido do mundo, que está instalado no Laboratório Nacional Los Alamos, nos Estados Unidos, é um equipamento híbrido, formado por 12.240 processadores PowerXCell 8i 3200 MHz - o mesmo que equipa o Sony PlayStation 3 - e 6.562 processadores AMD Opteron Dual-Core.

Os processadores AMD fazem as tarefas básicas de controle da máquina e do sistema operacional, deixando os PowerXCell livres para fazer cálculos matemáticos, justamente a tarefa para a qual eles foram otimizados.

O Roadrunner roda Linux e conta com 98 terabytes de memória RAM.

Eficiência energética

A enorme capacidade de cálculo do Roadrunner fez também com que ele figurasse como o supercomputador mais eficiente em termos de consumo de energia. Apesar de consumir 2,35 megawatts/hora, ele atinge um índice de eficiência de 488 Megaflops por segundo por Watt consumido.

O primeiro supercomputador brasileiro a aparecer na lista, na posição de número 138, é o Netuno, instalado na Universidade Federal do Rio de Janeiro.







Outras notícias sobre:
  • Supercomputadores
  • Processadores
  • Computadores
  • Equipamentos Eletrônicos

Mais tópicos